Sem muitas emoções, Botafogo e Vitória ficam no empate no Nílton Santos
Ezequiel tenta passar pelo adversário (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

Sem muitas emoções, Botafogo e Vitória ficam no empate no Nílton Santos

Com participação direta nos dois gols da partida, o goleiro Jefferson foi determinante no resultado do jogo, primeiro errando a saída de bola e pouco depois no chutão que virou assistência para Kieza

FCTwenteBR
Alex Dantas
BotafogoJefferson; Marcinho, Yago, Igor Rabello, Gilson; Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes, Gustavo Bochecha (Aguirre, Intervalo), João Pedro (Ezequiel, min. 13/2ºT); Luiz Fernando (Leonardo Valencia, min. 30/2ºT) e Kieza.
VitóriaElias; Lucas, Ramon, Aderllan e Jeferson; José Welison, Rodrigo Andrade, Rhayner (Lucas Fernandes, min. 24/2ºT) e Wallyson (André Lima, min. 33/2ºT); Neilton e Denilson (Yago, min. 41/2ºT).
Placar0-1, min. 38/1°T - Denilson. 1-1, min. 43/1ºT - Kieza.
ÁRBITROFLAVIO RODRIGUES DE SOUZA (SP). Rhayner (min. 8/1ºT), Jeferson (min. 2/2°T), Matheus Fernandes (min. 13/2ºT), Neilton (min. 41/2ºT), Yago (min. 47/2ºT)
INCIDENCIASPARTIDA VÁLIDA PELA 7° RODADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO. O DUELO ACONTECE NO ESTÁDIO NILTON SANTOS, NO RIO DE JANEIRO.

O Botafogo recebeu o Vitória no Estádio Nilton Santos, na tarde deste domingo em partida válida pela 7ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida terminou empatada por 1 a 1, com gols de Denilson para o Rubro-negro baiano e Kieza empatando para o Alvinegro. Curiosamente, o goleiro Jefferson foi determinante em ambos os gols.

O resultado deixa a equipe comandada por Alberto Valentim na 12ª colocação, com nove pontos. O time volta a campo pelo brasileirão na próxima quarta-feira (30), enfrentando o São Paulo às 21h no Estádio do Morumbi.

Para o time do técnico Vagner Mancini, o empate no Rio de Janeiro mantém o Vitória na 14ª posição, com 8 pontos. A equipe baiana joga novamente pela competição também na quarta-feira, recebendo o Internacional no Estádio Barradão às 19h30.

Primeiro tempo fraco e sonolento

A partida teve seu início em ritmo bem lento, com as equipes trocando muitos passes no meio-campo e com dificuldades de criar ocasiões de gol. O Vitória jogava mais recuado e fechando bem os espaços, enquanto o Alvinegro, se complicando na armação das jogadas, vivia de chutões e lançamentos longos para ligar ao ataque.

E apesar das escassas chances de gol, com pouquíssimo trabalho para os goleiros, os baianos mexeram no placar. Aos 38 minutos, saída de bola errada do Botafogo, após o recuo para Jefferson que passou mal a bola, Nilton se adiantou, roubou a bola e cruzou para Denilson só empurrar para as redes.

Mas não demorou muito para o Botafogo achar o empate, aos 43 minutos, após outro recuo para Jefferson, o goleiro botafoguense desta vez deu um chutão para frente e o atacante Kieza ganhou a bola, venceu a marcação, invadiu a área e bateu rasteiro no canto, sem chances para Elias.

Segundo tempo mais animado, mas sem gols

Ao contrário do primeiro tempo, a etapa final começou bastante movimentada, com os times criando boas chances, colocando as defesas em cheque e obrigando os goleiros a trabalharem. O alvinegro esteve mais perto de marcar o segundo gol.

Melhor em campo, o time de Alberto Valentim encurralou o adversário e passou a ter o domínio das principais ações ofensivas da partida e criando diversas chances de gol, as mais claras com Aguirre, Matheus Fernandes e Rodrigo Lindoso (por duas vezes).

E apesar da pressão botafoguense e das oportunidades criadas no segundo tempo, o encontro terminou empatado por 1 a 1, com um primeiro tempo bastante lento e uma segunda etapa um pouco mais agitada, porém sem gols.

VAVEL Logo

Botafogo de Futebol e Regatas Notícias

há 3 dias
há 3 dias
há 4 dias
há 6 dias
há 7 dias
há 9 dias
há 9 dias
há 9 dias
há 9 dias
há 11 dias
há 13 dias