Embalados por vitórias, Flamengo e Bahia se enfrentam precisando superar longa lista de desfalques
Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Embalados por vitórias, Flamengo e Bahia se enfrentam precisando superar longa lista de desfalques

Rubro-Negro visa manter liderança do torneio, enquanto Esquadrão de Aço busca distância da zona de rebaixamento da competição; juntas, equipes somam 16 desfalques para partida

mathenrique
Matheus Henrique

Nesta quinta-feira (31), o Flamengo recebe a equipe do Bahia pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro, visando se manter na liderança da competição. Por outro lado, às 16h, no Maracanã, o tricolor baiano tem a chance de respirar na tabela e se distanciar da zona de rebaixamento do torneio.

No dia anterior ao confronto, o São Paulo derrotou o Botafogo dentro de casa e assumiu a liderança do campeonato. Além disso, a equipe paulista abriu dois pontos de vantagem, fazendo com que os cariocas necessitem da vitória nesta rodada para retomar o primeiro lugar.

No momento, o Bahia é a primeira equipe fora do Z-4, com dois pontos de distância para o Santos, 17° colocado. Diferente da Copa do Brasil, onde tem classificação encaminhada para as quartas de final, e da Copa do Nordeste e Sul-Americana, com vagas asseguradas nas próximas fases, o clube de Salvador vive fraco desempenho no Brasileirão: em sete jogos, apenas dois triunfos e oito pontos somados.

Ambas equipes compartilham um problema comum entre times de futebol: os desfalques. E eles são distribuídos em alta quantidade entre as equipes. O Flamengo ainda não pode contar com Réver, Juan, Pará, Trauco, Berrío e Geuvanio, lesionados, além de Cuéllar, que não conseguiu liberação da seleção colombiana, e Trauco, a serviço da seleção peruana. Esses, sem contar com Paolo Guerrero, cumprindo nova suspensão por doping.

Enquanto isso, o Bahia terá de jogar sem Douglas, Léo, Rodrigo Becão, Jackson, Marco Antônio e Edigar Junio, que se recuperam de lesão. Além deles, Kayke e Nilton, que vêm sendo postos em rumores de saída nos últimos dias, não foram relacionados.

Na edição passada da competição, o Fla venceu os dois jogos com autoridade: na Ilha do Urubu, venceu por 4 a 1, e na Fonte Nova, por 1 a 0.

Em alta, Fla tenta aproveitar apoio da torcida e seguir no topo da tabela

Éverton Ribeiro comemora gol da vitória contra o Atlético-MG. Foto: Gilvan de Souza/Flamengo
Éverton Ribeiro comemora gol da vitória contra o Atlético-MG. Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

A sofrida vitória contra o Atlético-MG e a quebra do tabu de 65 anos sem triunfos no Independência serviu para aumentar ainda mais a confiança da equipe rubro-negra e de seus torcedores. Além disso, prestou para retomar a liderança permanente do Campeonato Brasileiro, no entanto, que foi perdida para o São Paulo, após bater o Botafogo nesta quarta-feira (30).

Agora, o Flamengo luta para derrotar o Bahia, voltar a ter posse da liderança do torneio e seguir a semana no primeiro lugar da tabela. Para isso, o time volta a contar com o apoio da torcida, marco comum nesta e em outras edição do torneio. Para o confronto desta quinta-feira (31), 40 mil ingressos já foram vendidos e a expectativa é de estádio lotado novamente. No Brasileirão 2018, foram três partidas em casa até então, todas disputadas no Maracanã, com duas vitórias e um empate, e média de 47 mil torcedores presentes.

Para o confronto, o Rubro-Negro recebeu "benefício" raro durante a temporada: o descanso. Após maratona de jogos, quando Maurício Barbieri até precisou fazer mudanças temendo o desgaste dos jogadores, agora, os mesmos receberam o tempo de quatro dias sem jogos marcados. Entre o meio do mês de abril, até a data atual, o Flamengo entrou em campo 13 vezes em 47 dias, totalizando média de cerca de um jogo a cada três dias. Com isso, o desgaste resultou em queda de rendimento de alguns jogadores da equipe, observado até pelo treinador Mauricio Barbieri, que apontou o desgaste como fator circunstancial para a postura tímida na última partida.

Descansado e confiante, o Flamengo recebe o reforço do zagueiro Rhodolfo para a próxima partida, já que estava punido contra o Galo. Porém, o volante Cuéllar não foi liberado pela seleção colombiana para atuar, e Jonas segue como titular no meio de campo. Como citado anteriormente, Barbieri segue sem poder contar com Réver, Juan, Pará e Berrío, lesionados.

Esquadrão de Aço busca repetir desempenho caseiro para ganhar fora de casa

Élber comemora gol contra o Vasco, ao lado de Vinicius e Régis. Foto: Felipe Oliveira/Bahia
Élber comemora gol contra o Vasco, ao lado de Vinicius e Régis. Foto: Felipe Oliveira/Bahia

Claramente, o Bahia não se comporta como uma equipe regular durante a temporada de 2018. É possível assistir, na mesma semana, a jogos com excelente e mau desempenho, o que é algo que intriga o torcedor. Afinal, qual é a verdadeira cara do time de Guto Ferreira?

Para o treinador, nas partidas fora de casa, duas palavras-chave faltam à equipe: concentração e atitude. Até então, o Tricolor Baiano não conquistou sequer um ponto no Campeonato Brasileiro, com três derrotas em três jogos, sem marcar gols. Além da panorama ruim, a equipe confrontada nesta quinta-feira (31) ainda não perdeu em seus domínios na competição.

Em entrevista durante a semana, Guto tratou de respeitar o time do Flamengo, mas traçou a rota ideal para conquistar a primeira vitória fora de casa no campeonato.

"O principal é a concentração e a atitude. Falava com eles ontem justamente a respeito disso. Nos jogos fora de casa, a gente acaba saindo um pouco do foco de concentração. Mesmo que seja em momentos. Mais do que nunca a gente tem que se manter no nível de concentração os 90 minutos. É do primeiro ao último apito. O único tempo que pode dar uma relaxada é no intervalo, mas assim mesmo tem que estra focado no que tem que corrigir", ressaltou.

Após excelente vitória por 3 a 0 sobre o Vasco, na última rodada, a tendência é que Guto Ferreira mantenha a equipe da ocasião para o confronto contra o Flamengo. O treinador mantém a dúvida sobre a entrada de Régis, meia que entrou bem no confronto em Salvador, porém, Junior Brumado deve continuar no ataque da equipe.

VAVEL Logo
CHAT