Em jogo movimentado, Grêmio e Fluminense empatam sem gols na Arena
FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Em jogo movimentado, Grêmio e Fluminense empatam sem gols na Arena

Gaúchos pressionam, mas esbarram no bom sistema defensivo dos cariocas

RRodrigues_95
Rodrigo Rodrigues
GrêmioMarcelo Grohe; Madson (Thaciano), Bressan, Kannemann e Cortez; Cícero, Maicon, Lima (Pepê), Luan e Everton; André (Thonny Anderson) Técnico: Renato Gaúcho.
FluminenseJúlio César; Renato Chaves, Nathan e Luan Perez; Gilberto (Mateus Norton), Richard, Dodi (Douglas), Jadson, Sornoza e Marlon; Pedro (João Carlos) Técnico: Abel Braga.
ÁRBITROLuiz Flávio de Oliveira (SP).
INCIDENCIASJogo válido pela oitava rodada da Série A do Campeonato Brasileiro 2018.

De um lado, um time que, para muitos, joga o melhor futebol do Brasil. Do outro, uma equipe jovem, com menos recursos, mas que vem surpreendendo no Brasileiro. Na Arena, Grêmio e Fluminense ficaram apenas no empate sem gols em jogo válido pela oitava rodada da competição. Com o resultado, o Tricolor gaúcho desce para oitavo, com 13 pontos, enquanto o Flu é o terceiro, com os mesmos 14 do vice-líder Flamengo, que entra em campo nesta quinta-feira (31).

Jogando em casa, o Grêmio dominou todas as ações na etapa inicial. Nos primeiros dez minutos, por exemplo, o time gaúcho já obtinha 64% de posse de bola. Sem Marcos Jr, poupado, os visitantes surpreenderam na escalação do jovem volante Dodi, ex-Criciúma, que fazia a sua estreia como titular. Por outro lado, Renato Portaluppi efetivou Lima na vaga de Ramiro. Mais a vontade em campo, o Grêmio teve a sua primeira chance de perigo com Everton, em chute de fora da área.

O Fluminense, por sua vez, tentava sair em velocidade usando seus alas – Gilberto e Marlon – mas sentia falta de uma válvula de escape para os contra-ataques, função esta que era de Marcos Jr. Assim, pouco conseguiu ter a bola e era encurralado pelo Grêmio. Aos 26, o time da casa até chegou a balançar as redes com bela bicicleta de André, mas o atacante estava impedido. A tônica do jogo no primeiro tempo foi uma só: pressão total gremista contra um defensivo Flu.

André chegou a balançar as redes, mas estava impedido (Foto: Lucas Uebel)
André chegou a balançar as redes, mas estava impedido (Foto: Lucas Uebel)

Disposto a evitar uma pressão maior do Grêmio, o Fluminense voltou mais ligado para o segundo tempo. Aos nove minutos, os visitantes tiveram a sua melhor chance do jogo até aquele instante. Marlon foi ao fundo e cruzou para Pedro, que cabeceou em cima de Kannemann. Na sobra, o camisa 9 furou. Em seguida, o centroavante tricolor teve que ser substituído com dores na coxa esquerda.

Mesmo sem seu principal goleador na temporada, o time carioca não desanimou e criou outra boa chance. Aos 25, Renato Chaves cabeceou e Marcelo Grohe fez a defesa. Depois disso, o Grêmio acordou e por pouco não marcou com Everton em duas oportunidades. A primeira, aos 27, após arrancada parando em Júlio César, e a segunda, minutos depois, em chute de dentro da área. Na reta final, ambos os times demostraram cansaço e já sem forças para tirar o zero do placar.

Próximo compromisso do Grêmio será no domingo (3), quando visita o Bahia, às 16h. Já o Fluminense encara o Paraná na segunda-feira (4), às 20h.

VAVEL Logo

Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense Notícias

há 13 dias
há 14 dias
há 15 dias
há 14 dias
há 17 dias
há 21 dias
há 21 dias
há 21 dias
há 21 dias
há 24 dias
há um mês