Embalado, Avaí recebe desesperado Criciúma para se consolidar no G-4
Foto: Jamira Furlani/Avaí FC

Embalado, Avaí recebe desesperado Criciúma para se consolidar no G-4

Duelo catarinense coloca frente a frente times em fases totalmente diferentes: Leão é terceiro colocado, enquanto Tigre ocupa lanterna

bruno-da-silva
Bruno da Silva
AvaíAranha; Alemão, Betão, Airton; Guga, Matheus Barbosa, Pedro Castro, Capa; Renato, Rômulo, Rodrigão. Técnico: Geninho
CriciúmaLuiz; Sueliton, Nino (Jacy Maranhão), Fábio Ferreira, Marlon; Jean Mangabeira, Eduardo, Elvis, Luiz Fernando; João Paulo, Zé Carlos. Técnico: Mazola Júnior
ÁRBITRORafael Traci, que será axuiliado por Ivan Carlos Bohn e Rafael Trombeta, todos do PR
INCIDENCIASPartida válida pela oitava rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2018, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis, SC; a partida começa às 21h30

O duelo entre catarinenses nesta sexta-feira (1º), coloca frente a frente dois times em momentos totalmente diferentes. Enquanto o Avaí não perde desde a abertura da Série B, o Criciúma ainda não venceu em sete rodadas, ocupa a lanterna e só soma um ponto até agora. Apesar da discrepância nos momentos vividos, encontro entre adversários tão tradicionais costumam igualar as coisas.

O último encontro entre as equipes foi pelo Campeonato Catarinense, e o Criciúma venceu de virada por 2 a 1, em Florianópolis - essa foi a última vez que o Avaí perdeu em casa no ano. O história também é bem favorável ao Tigre. Em 188 jogos, foram 81 vitórias do time carvoeiro, 59 do Leão e 48 empates.

Avaí não espera facilidade apesar da fase do rival

Depois de mais um mês sem vencer em casa - cinco empates e uma derrota no período -, o Avaí finalmente conquistou uma vitória diante do torcedor: 3 a 1 sobre o Paysandu, na última sexta-feira (25). Foi o terceiro triunfo seguido do time, que subiu aos 14 pontos e alcançou a terceira colocação.

Mesmo com esse grande momento e a péssima fase do Criciúma, o técnico Geninho não espera um jogo tranquilo. A rivalidade e também a necessidade do resultado do rival são fatores que o treinador avaiano espera que dificultem a vida do seu time.

"Tem que ter cuidado. Esse é o jogo perigoso, é o jogo que o torcedor, a pessoa que está fora do meio, acha que você já ganhou. Olha a tabela, um está lá em cima e o outro está lá embaixo... quem está lá em cima tem que ganhar. E no futebol não é assim. Esse é o jogo que você tem que ter mais respeito e entrar com mais cuidado para não ser surpreendido. O adversário vem em uma situação incômoda, tentando sair dessa situação. É um treinador muito motivador, conheço bem o Mazola Júnior, é um amigo, entende de futebol, acostumado com a Série B", disse.

Em relação ao jogo anterior, o meio-campista Pedro Castro está de volta e deve ocupar a vaga de André Moritz. Seu companheiro de setor, porém, vai mudar. Judson, com uma lesão no tornozelo, não poderá entrar em campo e o substituto provável é Matheus Barbosa, que deve fazer seu primeiro jogo como titular com a camisa do Avaí.

"O Matheus tem a facilidade de jogar nas duas funções, posso usar de um lado ou e outro. Tem menos pegada que o Judson, tem uma saída melhor e uma mobilidade igual aos meias. Ele sai muito bem, vive um bom momento e está brigando por uma posição, por aquilo que vem apresentando nos treinamentos. Já teve a oportunidade de entrar em um jogo e vamos ver a produtividade dele dentro do jogo. É diferente do treinamento. O que vale é o que apresenta no jogo", afirmou o técnico Geninho.

Matheus Barbosa deve fazer seu primeiro jogo como titular do Avaí (Foto: André Palma Ribeiro/Avaí F.C.)
Matheus Barbosa deve fazer seu primeiro jogo como titular do Avaí (Foto: André Palma Ribeiro/Avaí F.C.)

Mazola Júnior esconde escalação

Em dois jogos no comando do Criciúma, o técnico Mazola Júnior não conseguiu mudar muita coia. Depois de um empate em casa na estreia, o time perdeu para o líder Fortaleza por 2 a 0, em Fortaleza, e agora tem mais um confronto complicado para tentar a recuperação. Com um ponto em sete rodadas, o Tigre é o último colocado, seis pontos atrás do primeiro time fora da zona de rebaixamento.

Atrás de sua primeira vitória, Mazola Júnior não divulgou a escalação do Tigre. O treinador afirma que já tem as opções definidas, mas quer fornecer menos informações ao rival neste jogo importante.

"O time já está definido, mas é lógico que não vamos passar. No outro lado tem uma belíssima equipe, dirigida por um grande treinador e quanto menos armas dermos ao Geninho, melhor. Mas a base da equipe é a que trabalhou nesses dias. Houve uma evolução no que a gente pensa e pretende para a equipe do Criciúma", afirmou.

O Criciúma apresentou quatro reforços nesta semana. Os volantes Ralph, vindo do Atlético-MG, e Marlon Freitas, do Fluminense, além do meia-atacante Vitor Feijão, ex-Paraná, devem começar no banco, enquanto o lateral-esquerdo Artur, ex-Brasil de Pelotas, ainda não está inscrito na CBF. Mazola tem cautela para a utilização desses jogadores, já que prefere valorizar os jogadores que já estavam treinando há mais tempo.

"Possibilidade existe, estamos recebendo três atletas, mas fizeram apenas um trabalho conosco. As avaliações foram positivas, mas não é coerente colocar os três para jogar de início, sendo que trabalhamos 10 dias com outro grupo. Trabalhamos em cima da meritocracia, mas nesse jogo não de começo", explicou.

Mazola tem novas opções e time definido, mas prefere guardar para hora do jogo (Foto: Fernando Ribeiro/Criciúma EC)
Mazola tem novas opções e time definido, mas prefere guardar para hora do jogo (Foto: Fernando Ribeiro/Criciúma EC)
VAVEL Logo

Avaí Futebol Clube Notícias

há 5 dias
há 9 dias
há 9 dias
há 12 dias
há 12 dias
há 20 dias
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês