Na parte de baixo da tabela do Brasileiro, Botafogo e Vasco se reencontram após final do Carioca

Em situações parecidas na competição e longe do G-4, ambos vêem o clássico como chance de engrenar

Na parte de baixo da tabela do Brasileiro, Botafogo e Vasco se reencontram após final do Carioca
(Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)
Vasco
Botafogo
Vasco: Fernando Miguel; Luiz Gustavo, Ricardo Graça (Paulão), Breno (Erazo), Ramon; Desabato, Andrey, Giovanni Augusto; Yago Pikachu, Wagner, Ríos. Técnico: Zé Ricardo
Botafogo: Jefferson; Marcinho, Joel Carli, Igor Rabello, Moisés; Rodrigo Lindoso, Marcelo (Jean), Gustavo Bochecha (Renatinho); Leo Valencia, Luiz Fernando, Kieza. Técnico: Alberto Valentim
Placar: Árbitro: Raphael Claus (SP)

Vasco e Botafogo se enfrentam neste sábado, às 19h (de Brasília), em São Januário. O confronto será válido pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. As duas equipes estão em situações muito parecidas dentro do campeonato e buscam uma aproximação à parte mais alto da tabela até a parada para a Copa do Mundo.

O Vasco ocupa o 11º lugar, com 11 pontos em sete jogos (tem um jogo a menos devido ao adiantamento da partida contra o Santos), já o Botafogo é o 14º colocado, com nove pontos em oito jogos. As campanhas irregulares reforçam a importância dessa partida para ambos os times, já que uma vitória no clássico poderia resultar em uma subida na tabela, escapando assim da parte de baixo, o que daria mais tranquilidade para a sequência da competição.

O jogo deste sábado (2) será marcado pelo reencontro das equipes após a emocionante final do Campeonato Carioca, vencida nos pênaltis pelo alvinegro após gol nos acréscimos do tempo normal. Dois meses após a decisão, Vasco e Botafogo encontram-se em momentos bem menos empolgantes. O cruz-maltino foi eliminado da Libertadores ainda na fase de grupos, sofrendo goleadas e gerando desconfiança de sua torcida. Já o Fogão, não conseguiu emplacar uma boa sequência desde o título regional e não venceu nenhuma partida fora de casa no campeonato.

Equilíbrio é a palavra que descreve os jogos entre os dois times no ano de 2018. Se no histórico geral o Vasco tem ampla vantagem (141 vitórias contra 88 do alvinegro), os confrontos realizados até agora nesse ano reforçam a disputa e a igualdade entre ambos. Foram quatro jogos com duas vitórias para cada time, com o placar de 3 a 2 se repetindo três vezes.

Vasco precisa superar desfalques para chegar perto do G-4

Vindo de vitória por 1 a 0 contra o Paraná, o Vasco vem sofrendo com o grande número de lesões. Mas para o clássico de sábado, o técnico Zé Ricardo poderá contar com quatro reforços. Gabriel Félix, Paulão, Wellington e Evander, afastados desde a polêmica foto ironizando as vaias da torcida vascaína, voltaram a treinar com o grupo e estão à disposição de Zé, que também terá o retorno de Wagner e Desábato, que cumpriam suspensão.

Depois de sete meses afastado dos gramados, o lateral Ramon deve voltar a ser titular. O jogador atuou por 25 minutos no último jogo e com a suspensão de Henrique deve ficar com a vaga.

Caso vença, a equipe cruz-maltina chegará aos 14 pontos, colando de vez no G-4. Além disso, começará a reconquistar a confiança de sua torcida, abalada pela eliminação precoce na Libertadores e pelas derrotas pesadas (ambas por 3 a 0) para o Bahia na Copa do Brasil e no Brasileirão.

Desfalques: Kelvin, Bruno Silva, Werley, Rafael Galhardo e Rildo (lesão); Henrique (cumpre suspensão); Martin Silva (convocado para a disputa da Copa do Mundo).

Botafogo tem volta de Renatinho e busca primeira vitória fora de casa

O alvinegro vem de três derrotas seguidas fora de casa e vê o clássico como uma boa chance de mudar a péssima campanha longe de seus domínios nesse Brasileirão. Caso vença, ultrapassaria o adversário e dependendo de outros resultados poderia subir até quatro posições.

O time terá o retorno de Renatinho, que ficou fora das duas últimas partidas e foi liberado pelo médico Christiano Cinelli para a partida. Caso o meia seja aproveitado pelo treinador Alberto Valentim no lugar de João Pedro, fora devido ao choque com o zagueiro do São Paulo no último jogo, três jogadores irão disputar a vaga do volante Matheus Fernandes, que cumpre suspensão. Jean (ex-jogador do Vasco), Gustavo “Bochecha” e Marcelo brigam pela posição.

Desfalques: Gatito Fernandez (lesão); Matheus Fernandes (cumpre suspensão).