Com gol de Vizeu, Flamengo vence Corinthians e se isola na liderança do Brasileirão

Jovem rubro-negro, já vendido para a Udinese, marcou seu primeiro gol em 2018, e garantiu uma grande folga para o Flamengo na ponta; Corinthians cai para o sétimo lugar

Com gol de Vizeu, Flamengo vence Corinthians e se isola na liderança do Brasileirão
(Foto: Gilvan de Souza/ Flamengo)
Flamengo
1 0
Corinthians
Flamengo: Diego Alves; Rodinei, Léo Duarte, Rhodolfo e Renê; Jonas, Lucas Paquetá, Éverton Ribeiro, Diego e Vinícius Junior; Henrique Dourado (Felipe Vizeu). Técnico: Maurício Barbieri
Corinthians: Walter; Mantuan, Balbuena, Henrique e Sidcley; Gabriel (Kazim), Maycon, Mateus Vital, Jadson (Roger) e Rodriguinho; Pedrinho (Marquinhos Gabriel). Técnico: Osmar Loss
Placar: Felipe Vizeu (35'2ºT - 1 x 0)
ÁRBITRO: Anderson Daronco (RS) | Cartões amarelos: Jonas e Diego (FLA) e Balbuena (COR)
INCIDENCIAS: PARTIDA VÁLIDA PELA NONA RODADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO 2018, DISPUTADA NO MARACANÃ.

Nesse domingo (3), Flamengo e Corinthians fizeram o clássico das duas maiores torcidas do Brasil, no Maracanã, em partida que tinha a liderança do Campeonato Brasileiro em disputa. Em um jogo com várias chances, o Flamengo venceu por 1 a 0, gol de Felipe Vizeu, que fez seu primeiro tento na temporada.

Com o resultado, o Rubro-Negro se isolou na liderança do Brasileirão, com 20 pontos, quatro a mais que o vice-líder São Paulo, e enfrentará o Fluminense na próxima rodada, em Brasília. Já o Corinthians caiu para o sétimo lugar, com 14 pontos, e enfrentará o Santos na próxima rodada.

No início, o Flamengo teve a posse de bola, enquanto o Corinthians se fechou inteiro no campo defensivo, buscando o contra-ataque em velocidade. A primeira chance da partida veio aos 9, quando Diego cobrou falta na cabeça de Paquetá que tirou tinta da trave. No minuto seguinte, Jonas chutou a bola em cima de Gabriel e levou amarelo, após uma pequena confusão. 

Aos 11, Rodinei cruzou, Balbuena tirou errado e Vinicius perdeu grande chance, chutando para fora. Minutos depois, Éverton cobrou escanteio, Jonas raspou na primeira trave e Léo Duarte não conseguiu cabecear para o gol, jogando por cima da meta de Walter. Em nova chance, aos 18, Léo Duarte cabeceou com perigo após falta cobrada por Diego.

Muito melhor na partida, o Rubro-Negro criou mais uma grande chance aos 22: Vinicius puxou o contra-ataque e tocou para Éverton Ribeiro, que cruzou com açúcar para Dourado, quase na marca do pênalti, isolar. A primeira finalização dos paulistas só aconteceu aos 30, com Pedrinho, mas Diego Alves defendeu sem problemas.

Na sequência, Jadson quase marcou um golaço, mas a bola passou muito perto. Após o chute, o camisa 10 sentiu a coxa e saiu para a entrada de Roger. Aos 35, Rodinei tabelou com Éverton e cruzou para Dourado que dominou e foi travado por Sidcley. Depois do escanteio, Vinicius chutou e Walter defendeu.

Com mais espaço, o Corinthians criou outra boa chance, dessa vez com Gabriel, mas Diego Alves espalmou para o lado. Com o gramado mais pesado, as duas equipes abdicaram de marcar no meio e a partida virou ataque contra ataque até o intervalo, mas sem mais nenhuma grande chance de gol.

Sem mudanças, as duas equipes voltaram do intervalo buscando o gol, mas erraram muitos passes nos primeiros minutos da segunda etapa, especialmente no lado rubro-negro. A primeira grande chance depois do intervalo veio aos 14: Diego tocou para Renê e correu para a área, onde recebeu o cruzamento perfeito e cabeceou tirando tinta do ângulo de Walter.

Em cobrança de falta, Diego levou perigo ao gol paulista. Após errar um passe para o contra-ataque, Dourado foi substituído por Felipe Vizeu. Um dos melhores em campo, Diego levou o terceiro cartão amarelo e desfalcará o Flamengo contra o Fluminense. Querendo a vitória, o Flamengo foi para o ataque mais uma vez e quase marcou, mas ninguém chegou para completar o passe de cabeça de Rhodolfo.

Quando o gol parecia que não sairia, Diego puxou o contra-ataque, passou por seis jogadores do Corinthians e tocou para Paquetá. O camisa 11 chutou de primeira, Walter fez um milagre mas Felipe Vizeu estava na sobra para marcar seu primeiro gol no ano, Flamengo 1 a 0. O gol explodiu o Maracanã, e praticamente acabou com a partida, já que o Rubro-Negro gastou o tempo como conseguiu até o apito final de Anderson Daronco. O Flamengo se isolou na liderança e abre seis pontos para o Corinthians.