América-MG vence Atlético-PR de virada e mantém excelente desempenho como mandante
Mourão Panda/América-MG

América-MG vence Atlético-PR de virada e mantém excelente desempenho como mandante

Melhor anfitrião do Campeonato Brasileiro, clube mais uma vez fez valer o fator mando de campo para conquistar três pontos; Furacão permanece com campanha instável

tainanmelo
Taynã Melo
América-MGJori; Norberto, Messias, Matheus Ferraz e Carlinhos (Giovanni, min. 35); Juninho, Christian, Serginho e Gerson Magrão (Ademir, min. 70); Judivan (Aderlan, min. 73) e Aylon. Técnico: Enderson Moreira.
Atlético-PRFelipe Alves; Zé Ivaldo, Thiago Heleno e Wanderson (Raphael Veiga, min. 71); Matheus Rossetto (Bergson, min. 87), Camacho, Lucho González, Thiago Carleto (Renan Lodi, min. 68), Nikão e Guilherme; Pablo. Técnico: Fernando Diniz.
Placar0-1, Thiago Carleto, min. 37. 1-1, Serginho, min. 39. 2-1, Serginho, min. 75. 3-1, Ademir, min. 88.
ÁRBITRORodrigo Baptista Raposo (DF), auxiliado por Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e Ciro Chaban Junqueira (DF) | Cartões amarelos: Guilherme (CAP, min. 13), Lucho González (CAP, min. 26) e Matheus Ferraz (AMG, min. 36)
INCIDENCIASPartida válida pela nona rodada do Campeonato Brasileiro da Série A 2018, disputada na Arena Independência, em Belo Horizonte/MG

O América-MG precisava vencer para iniciar uma recuperação em sua campanha no retorno à Série A do Campeonato Brasileiro. O adversário era o Atlético-PR, o jogo foi disputado no Independência e foi válido pela nona rodada da competição nacional. Aliado com o bom desempenho como mandante, o fator casa mais uma vez foi decisivo e os mineiros venceram por 3 a 1 na tarde deste domingo (3). Thiago Carleto abriu o placar para o Furacão, mas o Coelho virou com dois gols de Serginho e um de Ademir.

A partida começou com os visitantes melhores, mais desenvoltos no campo de ataque. Com seis atletas escalados no meio de campo, a estratégia paranaense era reter a bola nesse setor para avançar e incomodar o adversário. Porém, a primeira real chance foi americana, quando Gérson Magrão acionou Serginho dentro da área e o meia chutou forte, em cima do goleiro Felipe Alves. Em seguida, Gérson Magrão arriscou de longe, mas o arqueiro rubro-negro defendeu sem problemas. O bom controle do jogo finalmente foi convertido em finalizações para o Atlético-PR. Pablo recebeu na frente do goleiro Jori, mas errou o alvo. Depois, em cobrança de falta, Nikão deixou a bola passar e Thiago Carleto encheu o pé da meia-lua para Jori defender.

Na reta final da primeira etapa, o jogo ficou ainda mais aberto, com alternância de finalizações e boas chances de gol. Inicialmente, o Furacão levou a melhor. Aos 37 minutos, Thiago Carleto chutou forte em cobrança de falta e abriu o placar. Porém, a comemoração durou pouco. Dois minutos depois, Judivan recebeu diante de três marcadores e acionou Serginho, que completou de letra e igualou o marcador.

Mourão Panda/América-MG

Com relação às chances de gol, as oportunidades permaneciam praticamente iguais, com os times com bons lances para voltar a marcar. O Furacão chegou primeiro com Lucho González, mas o chute foi travado com a defesa. A resposta americana veio em seguida, quando Judivan ficou com a bola depois do escanteio cobrado e chutou, mas a defesa atleticana desviou. A melhor chance paranaense veio na jogada seguinte, quando Thiago Heleno recebeu na área, de frente para o gol, e acertou o travessão após forte chute.

A clara oportunidade desperdiçada custou muito caro porque o América-MG conseguiu acertar o gol e virar o jogo. Aos 30 minutos, os mineiros recuperaram bola no meio de campo, Aylon foi acionado em velocidade e cruzou para Serginho desviar de cabeça para colocar o Coelho na frente do placar. O gol mudou o panorama e deu mais tranquilidade aos donos da casa, que conseguiram garantir a vitória aos 44. Christian dominou e tocou para Ademir finalizar e definir o placar.

Com o resultado, o América-MG volta a vencer e mantém o melhor desempenho como mandante no Campeonato Brasileiro. Na tabela de classificação, a equipe sobe para o 11º lugar, com 13 pontos. Por outro lado, o Atlético-PR não engata sequência positiva de resultados e permanece próximo da zona de rebaixamento, na 16ª colocação, com nove pontos somados.

As equipes voltam a entrar em campo no meio da semana. O Furacão enfrenta o Sport às 21 horas da próxima quarta-feira (6), na Ilha do Retiro, no Recife/PE. Por sua vez, o Coelho mede forças contra o Atlético-MG em clássico estadual a ser disputado no Independência, às 21 horas da quinta-feira (7).

VAVEL Logo

Atlético PR Notícias

há 5 dias
há 6 dias
há 6 dias
há 7 dias
há 7 dias
há 7 dias
há 13 dias
há 13 dias
há 14 dias
há 15 dias
há 17 dias