Em partida com tempos distintos, Palmeiras vence São Paulo de virada e volta ao G-6
Divulgação/SE Palmeiras

Em partida com tempos distintos, Palmeiras vence São Paulo de virada e volta ao G-6

Willian novamente foi destaque ao marcar dois gols e garantir máximo aproveitamento do Verdão em Choque-Rei no Allianz Parque; Tricolor perde invencibilidade no Brasileiro e chance de reassumir liderança

tainanmelo
Taynã Melo
PalmeirasJaílson; Mayke, Edu Dracena, Antônio Carlos e Diogo Barbosa (Victor Luís, min. 53); Bruno Henrique, Felipe Melo e Moisés (Thiago Santos, min. 72); Keno (Hyoran, min. 57), Dudu e Willian. Técnico: Roger Machado.
São PauloSidão; Éder Militão, Anderson Martins, Bruno Alves e Reinaldo (Liziero, min. 77); Jucilei e Hudson (Petros, min. 46); Nenê, Everton e Marcos Guilherme (Paulinho Boia, min. 78); Diego Souza. Técnico: Diego Aguirre.
Placar0-1, Marcos Guilherme, min. 29. 1-1, Willian, min. 54. 2-1, Willian, min. 66. 3-1, Dudu, min. 69.
ÁRBITRORodolpho Toski Marques (Fifa/PR), auxiliado por Bruno Boschilia (Fifa/PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR) | Cartões amarelos: Anderson Martins (SP, min. 11), Éder Militão (SP, min. 15), Felipe Melo (PAL, min. 42), Dudu (PAL, min. 43), Bruno Alves (SP, min. 50), Nenê (SP, min. 71), Jaílson (PAL, min. 88) e Antônio Carlos (PAL, min. 90)
INCIDENCIASChoque-Rei válido pela nona rodada do Campeonato Brasileiro da Série A 2018, disputado no Allianz Parque, em São Paulo/SP

Um Choque-Rei que proporcionou os dois eternos rivais estarem em evidência. De um lado, o Palmeiras pressionado. Do outro, o São Paulo embalado. O Tricolor pôs o adversário em seu domínio no primeiro tempo e saiu em vantagem. Mas o Verdão conseguiu a reabilitação na segunda etapa e virou o jogo. Em clássico disputado na noite deste sábado (5), no Allianz Parque, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro da Série A 2018, deu Porco por 3 a 1. O atacante Willian novamente fez a diferença. Com dois gols, regeu o triunfo verde, que foi complementado com o tento assinalado por Dudu. Marcos Guilherme descontou para o Tricolor.

O resultado manteve a escrita: em sete jogos disputados entre as equipes no Allianz Parque, sete triunfos palmeirenses, com placar agregado de 21 a 4. De quebra, as equipes se aproximaram na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. Os Verdes dão grande salto ao quinto lugar e voltam ao G-6, com 14 pontos, e aguarda os outros resultados para saber a real situação ao fim da rodada. Por outro lado, o Tricolor permanece com 16 pontos, na segunda posição, mas perdeu a invencibilidade na competição nacional e a chance de reassumir a liderança, ainda que de forma provisória.

As equipes voltam a entrar em campo no meio desta semana prestes a iniciar. O São Paulo recebe o Internacional no Morumbi, às 21h30 da terça-feira (5). O Palmeiras tem outro tradicional duelo: vai enfrentar o Grêmio às 21h45 da quarta-feira (6), na Arena do Grêmio, em Porto Alegre/RS.

Divulgação/SE Palmeiras

Exímia atuação tricolor no primeiro tempo

A primeira etapa do Choque-Rei deu a impressão de que, desta vez, o São Paulo conseguiria vencer o Palmeiras no Allianz Parque e manter a boa sequência de resultados, que durava 11 jogos de invencibilidade. Os anfitriões tentavam manter a posse de bola e criar chances, mas viam o adversário não ficar acuado e também desenvolver jogadas interessantes. A primeira boa chance do jogo foi com o Tricolor aos seis minutos, quando Nenê cobrou falta e Diego Souza testou na área para cabecear com perigo.

O São Paulo tinha facilidade para assustar. Nenê encontrava muito espaço para jogar, sempre estava livre e era o jogador responsável por desenvolver as jogadas. E, por apresentar melhor futebol, foi premiado por sair em vantagem no placar. Aos 29 minutos, depois de lateral cobrado na área por Nenê, Edu Dracena recuou mal e Jaílson dividiu com Marcos Guilherme. Ninguém tocou na pelota, que passou entre as pernas do goleiro e entrou.

O Tricolor teve mais oportunidades para ampliar a vantagem e ter tranquilidade na segunda etapa. No primeiro lance, Reinaldo arriscou de fora da área e Jaílson se esticou todo para fazer a defesa. Em seguida, Everton avançou até a linha de fundo, cruzou na área e Edu Dracena afastou. Na sobra, Marcos Guilherme ficou com o rebote e chutou com muito perigo. O Palmeiras só conseguiu reagir na reta final, quando Mayke cruzou e Edu Dracena cabeceou.

Divulgação/SE Palmeiras

Predomínio e virada verde na segunda etapa

O segundo tempo foi completamente o oposto. Se o São Paulo tinha o domínio e ficou próximo de abrir boa vantagem, o Palmeiras tomou as rédeas do jogo na etapa complementar e conseguiu mudar o panorama para deixá-lo em situação favorável. Logo no primeiro minuto, a cabeçada de Bruno Henrique dava a entender que o time verde ia sobressair. E Willian foi o responsável por isso. Aos nove minutos, Keno recebeu passe de Moisés e cruzou rasteiro. Sidão espalmou nos pés de Willian, que empurrou para o gol. A arbitragem demorou alguns minutos para confirmar o gol por ter dúvidas que Dudu tinha tocado na bola. Como isso não aconteceu, o gol foi validado e o Porco comemorou o empate.

O São Paulo adotou uma postura completamente defensiva e custou caro a adoção dessa estratégia. O Palmeiras cresceu na partida, ficou embalado com o empate e partiu para a virada, que não demorou para vir. Aos 21 minutos, Hyoran disputou bola com Éder Militão, Willian ficou com a sobra e bateu de primeira para virar o jogo. Para ficar ainda melhor para os mandantes, dois minutos depois veio a garantia da vitória. Moisés lançou Hyoran em velocidade e o meia cruzou na área. Dudu mergulhou para cabecear no canto e marcar o terceiro tento palmeirense.

O Tricolor tentou reagir, o técnico Diego Aguirre promoveu modificações para deixar a equipe mais veloz no ataque, mas o Palmeiras tinha o jogo sob seu controle e estava mais próximo de marcar o quarto gol do que sofrer algum. As equipes ainda tentaram finalizar e criaram algumas chances, mas nada que mudasse o placar do jogo.

VAVEL Logo

Sociedade Esportiva Palmeiras Notícias

há 2 dias
há 4 dias
há 5 dias
há 6 dias
há 7 dias
há 10 dias
há 11 dias
há 13 dias
há 14 dias
há 14 dias
há 14 dias