Técnico Guto Ferreira é demitido do Bahia após derrota sofrida contra Grêmio

Esquadrão de Aço entrou na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro com revés em casa e diretoria optou pela demissão do treinador por causa da recente instabilidade nos resultados

Técnico Guto Ferreira é demitido do Bahia após derrota sofrida contra Grêmio
Felipe Oliveira/EC Bahia

O Bahia foi derrotado pelo Grêmio na tarde do último domingo (3), pela nona rodada do Campeonato Brasileiro da Série A, na Arena Fonte Nova, em Salvador/BA, por 2 a 0. Foi o primeiro revés do Tricolor em casa na competição nacional e que resultou na entrada da equipe na zona de rebaixamento. O técnico Guto Ferreira concedeu entrevista coletiva após o jogo, usou as estatísticas para comprovar o bom desempenho, afirmou ter orgulho de comandar os atletas do elenco, mas, horas depois, a diretoria comunicou sua demissão.

O retorno de Guto ao Bahia aconteceu no fim do ano passado, com a posse de Gustavo Bellintani como presidente da equipe e a saída de Paulo César Carpegiani, que rumou ao Flamengo. Querido por conquistar a Copa do Nordeste em 2017, Guto treinou o Internacional no segundo semestre durante a passagem colorada na Série B do Brasileiro e foi demitido antes do fim do campeonato.

Voltou ao Esquadrão como o técnico que manteria o clube em um bom nível, mas as oscilações fizeram parte. Com poucas semanas de trabalho, alguns torcedores já pediam sua saída. Com os últimos resultados, principalmente a nulidade de pontuação fora de casa, a situação ficou insustentável.

Na segunda passagem por Salvador, esteve à frente do comando técnico em 33 jogos. Foram 18 vitórias, seis empates e nove derrotas, com aproveitamento de 60%. No primeiro semestre de 2018, conquistou o Campeonato Baiano, garantiu a equipe na segunda fase da Copa Sul-Americana, nas semifinais do Nordestão e com boa vantagem no primeiro confronto das oitavas de final da Copa do Brasil.

Em curta nota divulgada em seu site oficial, o Bahia, por meio da sua diretoria, agradeceu aos trabalhos de Guto Ferreira e desejou boa sorte no seguimento de sua carreira. Enquanto os mandatários decidem quem será o substituto, o auxiliar e treinador da equipe Sub-23, Cláudio Prates, assume de maneira interina.

Com oito pontos, o Tricolor da Boa Terra ocupa a 18ª colocação da Série A, dentro da zona de rebaixamento. A equipe vai buscar a reabilitação na próxima quinta-feira, às 20 horas, quando enfrenta o Paraná Clube no Estádio Durival de Britto, a Vila Capanema, em Curitiba/PR.