Mal chegou, já foi: Jorginho pede demissão do Ceará após 15 dias como treinador
Israel Barbosa/Ceará SC

Mal chegou, já foi: Jorginho pede demissão do Ceará após 15 dias como treinador

Técnico alegou problemas pessoais como fator de sua saída; Vozão permanece sem vencer no retorno à elite nacional e amarga última posição do Brasileiro

tainanmelo
Taynã Melo

Dentre todos os clubes que disputam as quatro divisões do Campeonato Brasileiro, indubitavelmente foi o trabalho mais curto como treinador. Na noite deste domingo (3), Jorginho comunicou à diretoria do Ceará seu pedido de demissão do comando técnico da equipe alvinegra. Foram apenas 15 dias de trabalho, e problemas pessoais foram as justificativas para sua saída do clube.

Jorginho comandou o Ceará em três partidas. Perdeu os três jogos. O último foi diante do Cruzeiro, no domingo (3), quando foi derrotado por 1 a 0 na Arena Castelão. Além dos reveses, a mudança no comando técnico não resultou em melhora no time, uma vez que o Alvinegro de Porangabuçu segue sem vencer no retorno à elite nacional e está afundado na última posição da tabela de classificação, com apenas três pontos somados em nove partidas.

Em um breve comunicado divulgado no site oficial do Ceará, Jorginho manifestou claramente que a decisão de sair partiu de sua própria iniciativa, além de afirmar que vai se despedir dos atletas e outros funcionários do clube, agradecer ao povo cearense e desejar melhores dias ao Vozão.

“Apesar do tempo muito curto de trabalho, posso dizer que tive a honra de trabalhar no Ceará Sporting Club. A decisão foi minha. Nesta segunda-feira, vou ao CT me despedir dos atletas e funcionários, que tão bem me acolheram desde a minha chegada. Desejo e espero que o clube possa reencontrar o caminho das vitórias. Pelo grupo de trabalho, pela dedicação da diretoria e, claro, por essa torcida maravilhosa. Certamente é o maior patrimônio do Ceará, com uma média de público e participação nos jogos impressionantes. Agradeço também, de coração, ao povo cearense, sempre hospitaleiro e cordial”, disse Jorginho.

Na mesma nota, os mandatários do Ceará se manifestaram brevemente e afirmaram estar à procura de um novo treinador e espera que este seja anunciado o quanto antes. Informações dão conta de que Lisca, que comandou o time no fim de 2015 e início de 2016 e evitou o inédito rebaixamento do time à Série C, é o principal nome colocado em pauta.

No Campeonato Brasileiro, a equipe vai buscar a primeira vitória diante do Botafogo. O jogo acontece às 19h30 desta quarta-feira (6), no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro/RJ.

VAVEL Logo
CHAT