Claudinei Oliveira exalta empenho do Sport: "Jogadores se dedicaram e fomos organizados"

Treinador explica melhor aproveitamento nas finalizações em vitória leonina sobre Atlético-PR, que resultou na vice-liderança do Brasileiro

Claudinei Oliveira exalta empenho do Sport: "Jogadores se dedicaram e fomos organizados"
Williams Aguiar/Sport Recife

O Sport conquistou uma importante vitória na noite desta quarta-feira (6). Em jogo válido pela décima rodada do Campeonato Brasileiro da Série A 2018, o Leão da Ilha enfrentou o Atlético-PR e venceu por 1 a 0. O gol do jogo foi marcado por Fellipe Bastos, no início do segundo tempo, em um golaço. O chute de muito longe garantiu mais três pontos ao clube pernambucano e a subida à vice-liderança do Brasileirão.

Contente com o resultado, o técnico Claudinei Oliveira concedeu entrevista coletiva e destacou o melhor aproveitamento do Sport nas oportunidades que teve. Embora os números tenham favorecido o Furacão, o Leão foi o vencedor do jogo. “Taticamente, foi um jogo muito bom. Se formos olhar as estatísticas, tivemos menos posse de bola, mas mais finalizações. Claro que a gente aproveitou mais a nossa posse de bola do que deles”, disse.

O comandante leonino voltou a enfatizar a importância do resultado obtido em relação à análise fria dos números. Ao explicar o seu ponto de vista sobre os seus comandados durante os 90 minutos do jogo, o Furacão desenvolveu o crescimento nos principais critérios observados no decorrer do confronto, mas a dedicação dos atletas do Sport foi fundamental e decisiva.

“O jogo foi pautado no resultado. Enquanto estava 0 a 0, eles estavam sendo cautelosos, e a gente buscando o gol até com mais posse de bola, que é raro. Mas não tem hora ruim para fazer gol e a gente fez logo. O Atlético-PR, então, mudou a postura. No início, colocamos a linha alta, mas isso compromete a bola lançada. Não conseguimos encaixar a transição para o contra-ataque e poderíamos achar mais gols assim e passamos um pouco de sufoco. Mas os jogadores se dedicaram e fomos organizados mesmo quando eles empurraram a gente. Não demos show? Que bom que não demos show e vencemos. É bom assim”, continuou.

Claudinei Oliveira elogiou Fellipe Bastos e o belo gol marcado que garantiu mais três pontos e a manutenção da boa fase rubro-negra na temporada. Porém, discordou da afirmação do Atlético-PR ser um time ofensivo pelo fato do Sport ter neutralizado e minimizado as oportunidades do adversário.

“Tivemos o gol de Fellipe, que bateu muito bem, foi no início do jogo. E aí eles fizeram o jogo de projetar oito jogadores na frente da linha da bola. Falar que o Atlético é um time ofensivo? Não acho que seja. A gente baixou as linhas, tivemos boas chances, tentamos achar o passe, mas nada. E aí teríamos de encaixar os passes para ter transição. Acho que corremos poucos riscos. Controlamos o jogo com espaços, dominando o território. Eles alçaram muitas bolas na área”, finalizou.

O Sport assumiu a vice-liderança do Campeonato Brasileiro, com 18 pontos ganhos. A equipe da Praça da Bandeira volta a entrar em campo às 19 horas do próximo sábado (9), contra o Vasco da Gama, no Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro/RJ.