Cara de Série A: Avaí e Coritiba se enfrentam em confronto direto pelo G-4 da Segundona

Últimos 11 jogos entre as equipes foram pelo Brasileiro, Copa do Brasil ou Primeira Liga; agora times se encontram com objetivo de se consolidar entre os quatro primeiros da Série B

Cara de Série A: Avaí e Coritiba se enfrentam em confronto direto pelo G-4 da Segundona
Foto: Divulgação/Coritiba FC
Avaí
Coritiba
Avaí: Aranha; Alemão, Betão, Airton; Lourenço, Judson, Pedro Castro, Capa; Renato, Rômulo, Rodrigão. Técnico: Geninho
Coritiba: Wilson; Leandro Silva, Thalisson Kelven, Alex Alves, William Matheus; Vitor Carvalho, Vinícius Kiss; Alisson Farias (Iago Dias), Yan Sasse, Chiquinho; Alecsandro. Técnico: Eduardo Baptista
ÁRBITRO: Rodrigo Carvalhaes de Miranda, que será auxiliado por Wendel de Paiva Gouvea e Daniel do Espírito Santo Parro, todos do RJ
INCIDENCIAS: Partida válida pela 10ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2018, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis, SC; a partida começa às 21h30

Em duelo direto por vaga dentro do G-4, Avaí Coritiba se enfrentam na Ressacada na noite desta sexta-feira (8). Separados por dois pontos, os dois times estão neste momento no grupo de acesso e só uma vitória garante suas posições por mais uma rodada. A partida pela 10ª rodada da Série B começa às 21h30, em Florianópolis.

Ainda sem vencer fora de casa na Série B - dois empates e duas derrotas -, o Coritiba enfrentará um mandante também pouco eficiente. O Avaí só venceu quatro jogos na Ressacada em todo o ano. Na Segundona, foram quatro partidas, com uma vitória, dois empates e uma derrota.

No ano passado, pela Série A, o Coritiba goleou o Avaí nas duas partidas: 4 a 1 em Floripa e 4 a 0 em Curitiba. Os dois acabaram rebaixados no fim do ano. As 12 últimas partidas entre as equipes foram por torneios de elite do futebol brasileiro: oito pelo Brasileirão, dois pela Copa do Brasil e um pela Copa da Primeira Liga. Pela Série B, em 2007, cada equipe venceu como mandante este confronto por 1 a 0. No geral, são 21 jogos oficiais, com 10 vitórias do Coxa, seis do Leão e cinco empates.

Avaí tem retornos e baixa importante

Depois da derrota em casa para o Criciúma, o Avaí encarou uma longa viagem ao Maranhão e trouxe um ponto para casa, com o empate em 1 a 1 contra o Sampaio Corrêa. Com 15 pontos, o Leão se manteve no quarto lugar, mas na alça de mira de vários perseguidores próximos.

Geninho se diz satisfeito com atuação do Avaí no empate com Sampaio: "Voltamos a jogar bem"

Em relação ao último jogo, o técnico Geninho terá os retornos de Rômulo, Renato e André Moritz, que cumpriram suspensão, e de Marquinhos, poupado da viagem ao Nordeste - os dois primeiros voltam ao time titular. Além disso, o volante Judson se recuperou de lesão e também está disponível. O problema para o treinador, porém, foi a perda do lateral Guga, que está fora pela primeira vez na Série B por acúmulo de amarelos. O escolhido para a ala direita do Avaí deve ser Lourenço.

"Alguns jogadores importantes não jogaram (contra o Sampaio), o Renato, que vinha como um dos melhores jogadores, o Rômulo, o Judson, que faz boa proteção. O Moritz entra às vezes, mas os três tinham sequência de titulares absolutos e é claro que fazem falta. O time sente, toda vez que você perde jogadores que vinham em sequência, quanto mais o time jogar junto, melhor é", afirmou o treinador.

Lourenço (frente) pode ganhar primeira chance como titular nessa Série B (Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FC)
Lourenço (frente) pode ganhar primeira chance como titular nessa Série B (Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FC)

Baptista adverte para perigos do rival na busca do Coxa por uma vitória fora

A performance na vitória por 1 a 0 sobre o CRB na última rodada pode não ter sido a melhor do Coritiba, mas foi o suficiente para recolocar o time no G-4. Com a quinta vitória em cinco jogos como mandante e 17 pontos somados, o Coxa ocupa o terceiro lugar da Série B.

Eduardo Baptista admite atuação ruim apesar de vitória do Coritiba: "Não foi um jogo vistoso"

O técnico Eduardo Baptista alertou sobre a dificuldade que espera do time montado por Geninho e na importância que a primeira vitória fora de casa venha em um confronto direto como é o caso diante do Avaí.

"O Geninho sempre arruma bem as suas equipes, o contra-ataque. A gente tem que ter uma atenção quando estiver jogando e marcando. Quando você pega uma equipe que joga com três zagueiros, a maneira de jogar muda um pouco, temos que estar atentos. Se conseguirmos a vitória lá você põe cinco pontos em um candidato real ao acesso. A gente espera um jogo difícil, em um ambiente de pressão", avaliou.

Baptista tem os desfalques de longa data dos defensores Carlos César, Geovane e Rodrigo Ramos, além do meia-atacante Alvarenga. Nesta quinta-feira (7), no último treinamento antes da viagem à Florianópolis, Alisson Farias não participou por desgaste físico e é dúvida. O jogador foi para Santa Catarina, mas será reavaliado antes da partida. Iago Dias treinou em sua vaga.

Alisson Farias mudou a cara do Coxa desde sua estreia, mas é dúvida para jogo com Avaí (Foto: Divulgação/Coritiba FC)
Alisson Farias mudou a cara do Coxa desde sua estreia, mas é dúvida para jogo com Avaí (Foto: Divulgação/Coritiba FC)