De volta ao Vasco, Jorginho conta com apoio e carinho da torcida: “Isso me dá forças”
(Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)

De volta ao Vasco, Jorginho conta com apoio e carinho da torcida: “Isso me dá forças”

Novo treinador vascaíno foi apresentado nesta quinta-feira (7), em São Januário; Campello deu coletiva e PC Gusmão também foi apresentado

bruna-zordan
Bruna Zordan

Em sua apresentação oficial como o novo treinador do Vasco, Jorginho mostrou muito confiança com o trabalho e com suas expectativas para a próxima partida. No último jogo, o Vasco empatou com o Cruzeiro por 1 a 1 pelo Campeonato Brasileiro

Com histórico pelo clube, Jorginho não deixa de exaltar a sua felicidade e sua confiança em relação à torcida: "Eu estou muito feliz. Feliz em retornar para uma casa que tive história envolvendo títulos para o Vasco. Em 2015 como treinador, foi um tempo realmente difícil, mesmo não chegando agora em uma época como antes. E isso é realmente bom. Nós vamos chegar numa posição que muita gente vai se surpreender. Sabemos o potencial desse clube. É com muita alegria que retorno ao Vasco da Gama. Gosto do carinho do torcerdor quando me vê na rua. Isso me dá forças."

 Jorginho disse também conhecer bastante o clube. Como técnico, o conhecimento do elenco é funtamental. Mesmo com pouco tempo para montar o time para a estreia contra o Sport nesse sábado (09), às 19h, em São Januário, Jorginho diz que não vai trabalhar sozinho. Irá criar uma estratégia para vencer o jogo.

Após sua saída do Ceará, o técnico deixou clara sua decisão: "Foi uma decisão pessoal. Eu precisava estar no Rio de Janeiro. Ao terminar o jogo contra o Cruzeiro, comuniquei a diretoria e fui compreendido. Recebi a ligação ainda em Fortaleza, mas não quis atender. Depois conversei com o Campello e nos acertamos. É normal os clubes te mandarem embora, mas quando você pede demissão, é outra história."

Sobre o tempo de contrato, Jorginho e Alexandre Campello ainda vão conversar sobre. Mesmo assumindo no próximo jogo. Durante a coletiva, Jorginho falou sobre a diferença do seu pensamento de jogo com o Zé Ricardo, antigo técnico do Vasco. 

"É muito importante ouvir o atleta como ele se sente no dia a dia, esse é o meu pensamento. O modo de jogo do Zé  é diferente. Ele tem uma forma de jogar. Mas a minha filosofia de jogo é outra, uso bastante o diálogo. O Vasco é esse time de raça, de garra. Isso não pode faltar. Precisa permanecer."

Sobre as competições, Jorginho disse sobre ter um tempo para reajustar a equipe. Alguns nomes para reforços já estão sendo estudados. O Vasco vem se preparando para o jogo contra o Bahia, pela Copa do Brasil. 

"Precisamos fazer amistosos para dar ritmo de jogo aos atletas. Teremos tempo e vamos fazer com que a equipe seja forte. Temos a presença de alguns estrangeiros e a experiência é ótima."

O próximo confronto do Vasco é em casa. O time enfrenta o Sport nesse sábado (09), às 19h, em São Januário, pelo Campeonato Brasileiro.

VAVEL Logo

    Club de Regatas Vasco da Gama Notícias

    há um dia
    há 12 dias
    há 15 dias
    há 15 dias
    há 16 dias
    há 20 dias
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês