Roger valoriza empate com Ceará mesmo após desperdiçar vantagem: "Importante pontuar"
Foto: Divulgação/SE Palmeiras

Roger valoriza empate com Ceará mesmo após desperdiçar vantagem: "Importante pontuar"

Palmeiras ficou com dois gols de vantagem até o meio do primeiro tempo, mas cedeu o 2 a 2 no Castelão

vv_cunha
Victor Cunha

No domingo, às 16h, o Palmeiras enfrentou fora de casa o lanterna Ceará. O alviverde saiu na frente marcando dois gols logo cedo, um com Thiago Santos e um com Dudu. Ainda no primeiro tempo, o Vozão descontou com Felipe Azevedo. Perto do fim do segundo tempo, Elton empatou o jogo, fechando em 2 a 2.

Com o resultado, o Palmeiras fica na quinta posição, com 18 pontos. Já o Ceará se mantém na última colocação, com cinco pontos.

Em coletiva após o empate fora de casa, Roger Machado elogiou sua equipe e valorizou o desempenho da adversária. "Eu não posso tirar mérito da nossa equipe que fez um belo jogo. Temos que aprender a controlar nesses finaizinhos de jogo com o placar a frente, saber fazer um jogo certo pra que o adversário tenha menos chances de chegar no nosso gol", analisou.

"Fica uma relativa frustração em relação ao que nós produzimos. Não é simplesmente porque o nosso adversário é o lanterna que nós temos que ganhar. Então não precisava nem vir aqui. Era só o Ceará entregar os pontos. E não é verdade, o Ceará quer se recuperar na competição. Diante do Botafogo já fez um jogo consistente defensivamente. Fica uma frustração por ter construído um resultado durante o jogo e o Ceará ter tirado. Mas é sempre bom conquistar um ponto fora de casa, independente de onde você está", completou o técnico do Palmeiras.

O Palmeiras tem sido inconsistente em jogos contra times de posições mais baixas na tabela. Roger Machado foi categórico ao negar que isso não é causa de o time possivelmente entrar relaxado em campo.

 "Se nós tivéssemos entrados relaxados o Ceará deveria ter saído na frente e o primeiro tempo acabou 2 a 1. A gente não pode desmerecer a qualidade do adversário que a gente está enfrentando. Não é porque ele é lanterna da competição que ele não vai tirar pontos de ninguém. Não foi perda de concentração. Foi um grande jogo no primeiro tempo e um segundo tempo mais equilibrado", afirmou.

Roger se disse frustrado com o resultado, por conta de ter saído na frente e ampliado o placar rapidamente. Mas valoriza o empate contra um time que acabou de trocar seu comando e tenta se recuperar na tabela de classificação.

 “Evidente que o resultado era vencer, até porque construímos essa vantagem, Saio com uma frustração pelos três pontos que poderíamos ter conquistado, mas um ponto fora é importantes. Não dá para priorizar. Agora com a parada para a Copa tem muitos jogos importantes. Agora é ver que podemos utilizar e a ideia é sempre levar força máxima em todas as competições. Em algum momento termos que dar oportunidade para quem joga menos”, admitiu.

No Brasileiro é importante pontuar. Talvez, se estivéssemos saído atrás com o 2 a 0 e tivesse empatado aos 42 a gente estivesse aqui com gosto de vitória. Agora é descansar para quarta-feira, um confronto direto e um clássico do Brasil, em nosso estádio, estádio cheio", disse o técnico palmeirense.

O técnico ainda valorizou a torcida palmeirense que lotou o setor dos visitantes no jogo. “A nossa torcida esteve em massa, teve quase 10 mil torcedores e foi bonito nossa entrada, um corredor verde. Com certeza os jogadores levaram isso para o campo".

O Palmeiras volta a campo contra o Flamengo, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, às 21h da noite na quarta-feira (13).

VAVEL Logo

Sociedade Esportiva Palmeiras Notícias

há 19 horas
há 3 dias
há 5 dias
há 5 dias
há 7 dias
há 9 dias
há 11 dias
há 12 dias
há 13 dias
há 13 dias
há 14 dias