América-MG e Chapecoense desperdiçam chances e empatam sem gols no Independência

Em tempos distintos, as equipes criaram, mas pararam nos goleiros que foram protagonistas em ambos os lados

América-MG e Chapecoense desperdiçam chances e empatam sem gols no Independência
Equipes pararam na classificação no meio da tabela (Foto: Divulgação/América-MG)
América-MG
0 0
Chapecoense
América-MG: Jori; Gerson Magrão, Messias, Matheus Ferraz, Norberto; Serginho, Leandro Donizete, Juninho; Judivan, Ademir, Aylon. Técnico: Enderson Moreira.
Chapecoense: Jandrei; Bruno Pacheco, Douglas, Thyere, Eduardo; Canteros, Márcio Araújo, Elicarlos, Luiz Antônio; Wellington Paulista, Leandro Pereira. Técnico: Gilson Kleina.

Excepcionalmente nesta quarta-feira (13) à tarde, o Campeonato Brasileiro marcou presença, às vésperas da Copa do Mundo. Em jogo válido pela 12° rodada, o América-MG recebeu a Chapecoense no estádio Independência. Em tempos distintos, as equipes criaram chances contundentes, mas ficaram em um empate sem gols em Minas.

Em uma primeira etapa onde o goleiro Jandrei, da Chapecoense foi o protagonista, os mineiros trataram de aproveitar o fator casa para impôr o seu estilo de jogo e incomodar os catarinenses.

Cercando a área adversária e arriscando chutes de média distância, o América teve a sua primeira chance clara aos 23 minutos, quando Ademir recebeu cruzamento dentro da área e emendou um chute de primeira, mas Jandrei executou defesa providencial, de extrema dificuldade.

A Chape só veio responder aos 34 minutos, quando o Coelho errou na saída de bola e Wellington Paulista chutou cruzado, de fora da área para a defesa de Jori.

Na segunda etapa, a equipe catarinense resolveu acelerar o ritmo da partida e levou perigo logo aos dois minutos, quando Wellington Paulista recebeu na ponta esquerda, cruzou para dentro da área e o quique da bola enganou o goleiro Jori, quase encobrindo-o.

O América claramente se mostrava desgastado pelo ritmo imposto na primeira etapa e via a Chapecoense crescer na partida. Aos 16 minutos, Leandro Pereira arriscou de fora da área e exigiu defesa de Jori. 

Com um segundo tempo em um ritmo mais devagar, as duas equipes tentavam chutes de longe, mas esbarravam nas defesas adversárias. Bruno Silva, que entrou durante a partida, ainda levou perigo em duas oportunidades, mas contou com a defesa dos donos da casa impedindo que a bola levasse perigo ao goleiro Jori.

Wellington Paulista ainda assustou a defesa mineira no final da partida ao receber cruzamento, subir sozinho, cabecear e mandar a bola pra fora, rente à trave. Com a chance desperdiçada pelo camisa 9, a partida acabou sem gols no estádio Independência.

Agora, as duas equipes param por um mês e retornam só após o encerramento da Copa do Mundo. As duas equipes só voltam à campo no próximo dia 19 de julho, quando o América enfrenta o Cruzeiro, enquanto a Chape tem o Bahia pela frente. 

Com o resultado as equipes empatam em número de pontos, ficam temporariamente em 12° e 13° colocados do campeonato, por terem jogado o primeiro compromisso marcados para o resto desta quarta-feira.