Mesmo após vitória, Jair avalia pressão no Santos: "Permanência não depende de mim"

Uma reunião nesta quinta-feira (14), pode definir o futuro do treinador santista; Peixe venceu Fluminense por 1 a 0, no Maracanã, na última rodada antes da pausa para o Mundial

Mesmo após vitória, Jair avalia pressão no Santos: "Permanência não depende de mim"
Foto: Ivan Storti/Santos FC

Mesmo após a vitória do Santos no Maracanã por 1 a 0 diante do Fluminense, no Maracanã, na noite desta quarta-feira (13), em jogo válido pela décima segunda rodada do Campeonato Brasileiro, o técnico Jair Ventura segue pressionado. Em entrevista coletiva após o jogo, o treinador falou sobre a sua permanência no time e disse que não vai pedir demissão. 

"É a situação de todos os treinadores do Brasil. Eu me preparei bastante para isso. Tento fazer o mesmo e ser a mesma pessoa sempre. A minha permanência não depende de mim. Não vou pedir demissão. Sigo fazendo o meu melhor. Quando a bola entra, as coisas aliviam um pouco para a vida do treinador."

"Ai eu estaria respondendo por eles (diretoria). Por mim, estaria garantido sempre. Não caminha à minha pessoa. Sabemos que o Santos não vai brigar embaixo pela qualidade do elenco. É um momento que está passando e que possa ficar para trás. Que a gente possa disputar forte as grandes competições", emendou Jair Ventura. 

Mesmo com a vitória, nesta quinta-feira (14), o Comitê de Gestão e o presidente José Carlos Peres vão analisar a situação do treinador do Peixe, mas não garantem a permanência do profissional. Os números de Jair Ventura pelo Santos em 35 jogos, são de 14 derrotas, sete empates e 14 vitórias - um aproveitamento de 47%.

"Positivo porque tivemos 12 jogos (minha sequência). Fiz uma mudança tática hoje sem treinar. A gente conversa, com vídeo, no quadro. A Copa do Mundo não é só o Santos. Vejo só como benéfico por conta desse calendário apertado. São muitos desfalques por essa loucura e pela intensidade que ficaram os jogos. Importante essa paralisação para voltar com mais energia nos grandes jogos", emendou o técnico santista. 

Com o resultado positivo, o Santos chegou aos 13 pontos e ocupa à décima quinta posição da competição.  Assim como todos os times da Série A, o Alvinegro Praiano ficará mais de um mês sem entrar em campo por conta da Copa do Mundo da Rússia. O primeiro jogo após o Mundial será diante do Palmeiras, no dia 19 de julho, no Pacaembu, pela 13ª rodada. 

O Peixe terá 10 dias de folga e só inicia a intertemporada no dia 25 de junho, no CT Rei Pelé. No dia 7 de julho, o Santos tem um amistoso diante do Monterrey do México. 

Vale ressaltar que o técnico Jair Ventura será um dos comentaristas da Copa do Mundo da Rússia, pelo canal Fox Sports.