Jorginho avalia derrota no Beira-Rio e aposta em recuperação do Vasco após Copa do Mundo

Cruzmaltino perdeu por 3 a 1 para o Internacional e segue na 11ª posição do Brasileirão

Jorginho avalia derrota no Beira-Rio e aposta em recuperação do Vasco após Copa do Mundo
(Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br)

Jorginho sofreu a primeira derrota sob o comando do Vasco da Gama, em sua segunda passagem pelo clube. Nesta quarta-feira (13), a equipe vascaína foi derrotada pelo Internacional por 3 a 1, no Beira-Rio, pela 12ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Pelo pouco tempo de trabalho, o treinador elucidou a importância de desenvolver a parte tática durante a pausa para o Mundial da Rússia 2018.

Segundo ele, se forem solucionados os problemas que já percebeu no elenco, há chance de se conquistar bons resultados ao final da temporada. 

"Essa parada será muito benéfica para descansar e recuperar os jogadores. Estamos enfrentando muitos problemas, pois muitos atletas estão contundidos e estamos encontrando dificuldades para colocar em campo uma equipe com uma média de idade boa para disputar partidas da importância dessa de hoje. Esse período de recesso veio em boa hora", explicou.

Com um grupo limitado e desfalcado, Jorginho confia na recuperação de alguns atletas e abre possibilidade de contar com reforços.  

"Teremos peças importantes de volta e algumas contratações. O nível técnico do Brasileiro é muito alto e precisaremos que todos estejam bem. Iremos aproveitar esses dias para trabalhar bastante as questões físicas e táticas. Até o momento, até mesmo pelo pouco tempo, tentamos ajustar as coisas na base da conversa. Sigo acreditando que temos condições de alcançar um boa colocação no Brasileiro, mas para isso temos que minimizar os problemas e fazer um bom trabalho nessa inter-temporada", disse.

Sobre o resultado negativo em Porto Alegre, o técnico vascaíno lamentou. "Sofrer aquele gol no início da partida desmanchou a nossa estratégia. Tínhamos a proposta de jogar fechadinho, não dar espaço para o adversário e tentar marcar gol através dos contra-ataques. Acabamos saindo atrás muito cedo e precisamos nos expor. É verdade que continuamos conservadores, mas sofremos um gol de bola parada, o que não poderia ter acontecido, pois treinamos e sabíamos a força do Inter nesses lances. Acredito que não sofreríamos se estivéssemos bem posicionados. Voltamos do intervalo, reagimos, diminuímos o placar e ficamos próximos do empate, mas infelizmente tomamos o terceiro gol em nosso melhor momento, novamente de bola parada".

Jorginho também elogiou a postura do adversário e a qualidade do trabalho desenvolvido pelo técnico colorado. "Inter acabou encontrando uma forma de jogar, se encaixou bem. Tem jogadores de qualidade. O Odair está fazendo um bom trabalho, está tendo tempo. Diretoria entendeu que não pode mudar o tempo todo", disse. 

O próximo confronto do Cruzmaltino será contra o Bahia, no dia 16 de julho, pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. Já pelo Brasileirão, o retorno aos gramados será diante do Fluminense, no dia 19 do mesmo mês. As duas partidas serão disputadas em São Januário, às 20h pelo horário de Brasília.