Em seu retorno ao Fluminense, Paulo Angioni afirma: “Sou Tricolor de berço”

O novo diretor executivo de futebol exaltou uma das características do Tricolor, a de formar jogadores

Em seu retorno ao Fluminense, Paulo Angioni afirma: “Sou Tricolor de berço”
FOTO LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.

Nesta terça-feira (26), após a coletiva de Marcelo Oliveira, novo treinador do Fluminense, foi a vez da apresentação de Paulo Angioni, que será o novo diretor executivo de futebol, ocupando o cargo deixado por Paulo Autuori.

Um dos primeiros assuntos tratados por Angioni na coletiva foi a busca por reforços. Ele afirmou que o clube vai trazer novos jogadores, mas fez questão de afirmar que isso será feito dentro das condições atuais do clube.

O Marcelo (Oliveira) perguntou para mim se haveria a possibilidade de o Fluminense ir ao mercado. Vamos tentar, dentro dos padrões do Fluminense, viabilizar essas situações” afirmou Angioni.

Angioni já havia trabalhado no clube anteriormente, em 2014, quando exerceu a mesma função durante o Campeonato Brasileiro daquele ano. E ele explicou os motivos pelo qual aceitou voltar ao clube.

Aceitei voltar primeiro porque eu nasci Fluminense. Sou Fluminense de berço. Segundo pela ideia que o Flu traz e o futebol brasileiro esqueceu: a formação de jogador”, frisou.

Nessa fase atual, o Tricolor enfrenta dificuldades financeiras, o que tem levado o clube a investir na base e em atletas de baixo custo. Angioni falou sobre esse processo de reformulação que o Tricolor vem passando.

Se o Fluminense conseguir êxito nessa caminhada no Brasileiro, vai patentear um novo futebol brasileiro. Vai encontrar uma fórmula que o grande capital não vai influir tanto no processo” finalizou.