Moisés promete crescimento do Botafogo após recesso: “Vamos fazer um grande campeonato”
(Foto: Divulgação/Botafogo)

Moisés promete crescimento do Botafogo após recesso: “Vamos fazer um grande campeonato”

Jogador comentou visita de Valentim, chegada do novo treinador e também uso da tecnologia, que vem fazendo sucesso na Copa

yannrodrigues
Yann Rodrigues

O Botafogo segue a preparação para a volta da temporada após pausa para Copa. Com comando novo, as expectativas crescem. Moisés falou sobre isso isso e muito mais em coletiva de imprensa no Engenhão, na tarde desta sexta-feira (29). 

O lateral elogiou o primeiro contato novo técnico e analisou o perfil do recém-chegado ao clube: “Paquetá chegando agora, o primeiro contato foi muito bom, conversou um pouco com a gente. Já demos as boas vindas, parece ser um cara muito compromissado. Vai trabalhar muito para ajudar o Botafogo e a gente também".

Ao ser perguntado sobre o Mundial da Rússia, o atleta comentou o fato de não estar assistindo aos jogos, excetos os do Brasil. Ele ressaltou a torcida pelo título ao fim do torneio. 

"Estou acompanhando sim, só que mais os jogos do Brasil. Durante as férias não assisti tantos jogos, aproveitei, vi a família, amigos, churrasco, mas os jogos do Brasil estou acompanhando. Espero que esse hexa venha”

Alberto Valentim foi se despedir dos seus ex-comandados e do clube, já que está de partida para Arábia, onde comandará um novo clube. O jogador alvinegro desejou boa sorte ao ex-treinador e depositou confiança no sucesso dele. 

"Veio aí despedir, não tive contato, mas a galera falou. Desde o primeiro dia disse que ia ajudar, conseguimos título com ele. Desejo boa sorte, me ajudou muito, cobrou quando tinha de cobrar. Com certeza terá sucesso e será feliz"

Fazendo sucesso na Copa do Mundo e minimizando grandes interferências nos placares finais, o árbitro de vídeo (VAR), foi pauta dentre as perguntas direcionadas ao lateral. 

"Antes perguntavam muito se ia parar jogo, demorar cinco, sete minutos, mas estou vendo algo positivo. Estão parando e não estão demorando muito para decidir. No Brasileiro, às vezes alguma equipe sai prejudicada, então vejo VAR como ponto positivo”.

Contudo, o artifício da tecnologia foi vetado no Campeonato Brasileiro por veto dos clubes, já que a maioria votou contra. Moisés apoiou devido ao alto custo, mas crê que o recurso seja válido. 

"Reclamações sempre vão ter, também tem de ver as condições dos clubes. Os clubes talvez não tenham condições de em todo jogo bancar R$ 50 mil. Reclamação sempre vai ter. Mas acho positivo"

Por fim, o paulista de 22 anos falou sobre as pretensões do Glorioso na reta final da temporada, após o Mundial de seleções, e acredita que com as instruções de Marcos Paquetá, a equipe fará um grande brasileiro. 

"Objetivo é brigar lá em cima, erramos dentro de casa, perdemos pontos. Precisamos melhorar em vários aspectos, parar de levar gol, fazer mais gols, Paquetá vai colocar as ideias dele, e vamos fazer um grande campeonato".

VAVEL Logo

Botafogo de Futebol e Regatas Notícias

há 6 dias
há 6 dias
há 6 dias
há 7 dias
há 9 dias
há 10 dias
há 11 dias
há 12 dias
há 12 dias
há 12 dias
há 14 dias