Após derrota do Fortaleza, Rogério Ceni admite: "Hoje a Ponte Preta tem um time superior"
Após derrota, Rogério Ceni admite: "Hoje a Ponte tem um time superior ao Fortaleza" (Foto: Divulgação São Paulo)

Após derrota do Fortaleza, Rogério Ceni admite: "Hoje a Ponte Preta tem um time superior"

Fora de casa, o Fortaleza não conseguiu segurar a Ponte Preta, que se recuperou no campeonato

vv_cunha
Victor Cunha

No último domingo (08) o Fortaleza foi até Campinas para encarar a Ponte Preta pela 14ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Apesar do placar de 2 a 0 para a macaca, o Fortaleza se mantém na liderança do campeonato, com 29 pontos e 4 de vantagem para o segundo colocado. Os gols do jogo foram marcados por Roger Carvalho (contra) e André Luis.

Rogério Ceni, em entrevista coletiva após o jogo, analisou a derrota e seu time, deixando claro que teve chances de empatar a partida: "Foi uma infelicidade o primeiro gol, foi um azar. Eu até falei que se fosse um jogo que não tivesse torcida, esse gol não teria saído, um escutaria o grito do outro e provavelmente o gol não teria saído. Nós viemos aqui pra nos defender, que era o que tinha pra fazer, jogamos co 3 zagueiros pra defender a bola aérea e depois tentar sair jogando. Mas quando você toma um gol contra com 8 minutos, da maneira que foi, as coisas mudam. E mesmo assim tivemos chances no primeiro tempo, chances de empatar. No segundo tempo a Ponte se fechou muito bem, com uma linhas de quatro, um linha de 5 e só um jogador na frente e contra atacou com muita força. Hoje a Ponte tem um time superior ao Fortaleza", disse. 

O time do Fortaleza anunciou nos últimos dias as contratações de Getterson e Nenê Bonilha para o decorrer da temporada, mas mesmo assim Rogério lamenta as saídas de vários jogadores, além de constatar a necessidade de mais contratações para o restante do ano.

"Perdemos vários jogadores, mas a direção tá tentando fazer as contratações, só que alguns jogadores são caros demais pras condições financeiras do clube. Não se pode esquecer que o clube vem de alguns anos na Série C e que o poder aquisitivo não é dos melhores. Nós tínhamos um time extremamente competitivo e de um futebol vistoso, e hoje nós não temos mais o mesmo time. Nós temos de encarar com o que nós temos e ir ao mercado", finalizou. 

O time do Fortaleza volta a campo no próximo sábado (14), pela 15ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, contra o Atlético Goianiense, às 16h.

VAVEL Logo

Fortaleza Esporte Clube Notícias

há um dia
há 2 dias
há 6 dias
há 9 dias
há 10 dias
há 11 dias
há 10 dias
há 13 dias
há 13 dias
há 14 dias
há 21 dias