Em noite inspirada, Ponte Preta bate São Bento e encosta no G-4
(Foto: Ponte Press / Fábio Leoni)

Na noite deste sábado (14), São Bento e Ponte Preta se enfrentaram no estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba. O confronto foi válido pela 15ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Jogando fora de casa, a Ponte Preta se aproveitou da noite inspirada de seu camisa 9 e venceu por 2 a 0. Foi o primeiro jogo oficial de Marquinhos Santos no comando do time do Azulão, e com derrota. 

O primeiro tempo começou truncado, com ambas as equipes priorizando a posse de bola e se estudando. O São Bento aos poucos ensaiou uma pressão na saída de bola do adversário e passou a dominar as ações do jogo. Aos 19 minutos, a Ponte perdeu o meia Tiago Real, que saiu lesionado. A primeira chegada foi do São Bento, que após cobrança de escanteio assustou.

Aos 22 minutos, a Macaca conseguiu armar um bom contra-ataque, que terminou com uma finalização ruim do meia Danilo. A temperatura do jogo aumentou e a Ponte Preta teve duas belas chances de marcar. A primeira, aos 24, foi frustrada por duas belas defesas do goleiro Rodrigo Viana. Com um reflexo apurado, o arqueiro do São Bento apareceu novamente aos 31 minutos, defendendo outro chute de André Luis.

Crescendo no jogo e sufocando a equipe da casa, a Ponte foi recompensada. Aos 38, após roubada de bola de Murilo, Júnior Santos avançou pela direita e bateu cruzado, a bola bateu na trave e entrou: Ponte 1 a 0. A partir daí o São Bento tentou retomar o controle da partida, mas o time de Campinas aproveitava o embalo do gol e segurava o ímpeto adversário. Aos 46, Doriva levantou bola na área, mas Ivan saiu bem e garantiu a ida para o intervalo com o placar favorável. 

O segundo tempo começou com o São Bento assustando logo nos primeiros segundos. Ricardo Bueno finalizou muito bem e a bola passou rente ao travessão. A equipe dona da casa procurou se estabilizar na partida e manter a posse de bola. Porém, a Ponte Preta chegou novamente, obrigando Rodrigo Viana a fazer nova intervenção.

Aos 9 minutos, a Macaca conseguiu o contra-ataque que precisava. Igor recebeu lançamento e viu o atacante Júnior Santos sozinho na área. O camisa 9 empurrou pra dentro do gol e ampliou o placar para 2 a 0. O time de Campinas quase marcou o terceiro após um lindo voleio de Danilo Barcelos, obrigando o goleiro do São Bento a fazer outra ótima defesa. Aos 17, Ivan, arqueiro da Ponte, trabalhou pela primeira vez. Defesaça em chute de Paulinho.

Um minuto depois, Igor teve a chance de matar o jogo para a Macaca, mas finalizou por cima da meta. A partir dos 25 minutos da etapa final, o jogo esfriou, com muitos erros de ambas as equipes. O São Bento tentou ensaiar uma nova pressão, mas esbarrou seguidamente na boa atuação do sistema defensivo adversário. Assim que o árbitro Antonio Dib Moraes de Souza deu o apito final, a torcida do time mandante vaiou em alto e bom som. Diferentemente dos torcedores ponte-pretanos, que comemoraram a terceira vitória seguida. 

Com a vitória, a Macaca subiu para a 6ª posição, com 24 pontos. Já o São Bento, que amargou a quarta derrota consecutiva, caiu para 16°, com 17 pontos conquistados. 

Em momentos totalmente opostos, as equipes voltam à campo no próximo sábado (21), pela 16ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O São Bento enfrenta o Coritiba, no Couto Pereira, às 16h30. Já a Ponte visitará o Boa Esporte, em Varginha, às 19h.

VAVEL Logo