Fábio se torna 12º goleiro com mais tempo no mesmo clube após saída de Buffon da Juventus
(Foto: Maurício Farias/Cruzeiro)

O torcedor do Cruzeiro tem uma certeza quando sai a escalação do clube: Fábio estará defendendo a meta da equipe. A rotina é comum há mais de 13 anos, tanto que o jogador é o recordista de partidas pela Raposa. Nesta segunda-feira (17), diante do Atllético-PR, pela Copa do Brasil, ele vai completar 778 jogos defendendo a meta cruzeirense. O goleiro do Cruzeiro, de 37 anos, tem contrato com o time celeste até o fim de 2019.

Na última semana, um goleiro que também era símbolo de longevidade de sua equipe decidiu mudar de ares. Aos 40 anos, o italiano Buffon deixou a Juventus para ser jogador do PSG. A transferência fez com que o camisa 1 do Cruzeiro se tornasse o 12º da lista.

Se considerados todos os clubes do planeta, a posição de Fábio cai para a 23ª entre os goleiros, marca que também pode ser considerada expressiva. E ainda há o levantamento geral. Neste, o goleiro do Cruzeiro é o 87º nas contas que levam goleiros e jogadores de linha há mais tempo nos clubes.

Fábio estreou no Cruzeiro no dia 4 de março de 2000, quando tinha 18 anos. Mas ele não prosseguiu no clube. Em 2005, ele retornou, agora sim, ficar quase que ininterruptamente no gol da Raposa.

O levantamento é todo feito com jogadores que não saíram em nenhum momento dos clubes, independentemente se na condição de titular ou reserva. Portanto, o tempo de Fábio é considerado a partir de 2005.

Uma curiosidade é vista no em termos de tempo de clube, Marcelo Grohe, do Grêmio, soma mais anos que Fábio. Porém, o camisa 1 do Tricolor foi reserva por muitas temporadas e tem hoje quase 400 partidas pela equipe gaúcha.

MEDIA: 5VOTES: 1
VAVEL Logo