Manterá a escrita? Carrasco, Uribe marcou no São Paulo por três clubes diferentes
(Foto: Gilvan de Souza/ Flamengo)

Manterá a escrita? Carrasco, Uribe marcou no São Paulo por três clubes diferentes

Atacante colombiano marcou quatro vezes no Tricolor quando jogava por Once Caldas, Atlético Nacional e Toluca; caso apareça no BID até amanhã (17), poderá estrear pelo Rubro-Negro contra os paulistas

rafalisboa
Rafael Lisboa

Perto de fazer a sua estreia pelo Flamengo, contra o São Paulo na quarta-feira (18), o atacante Fernando Uribe tem um bom histórico contra o Tricolor Paulista. O colombiano marcou na equipe paulista por três clubes: Once Caldas-COL, Atlético-Nacional-COL e Toluca-MEX.

Ao todo foram cinco duelos entre Uribe e o São Paulo, e quatro gols marcados, uma média de 0,8 gol por jogo. Nesses cinco confrontos, foram duas vitórias da equipe do atacante, duas derrotas e um empate.

Além disso, o colombiano não perdeu para o Tricolor quando sua equipe jogou em casa, caso do Flamengo na quarta-feira (18). Uribe só estará liberado para estrear contra o São Paulo, se seu nome aparecer no BID até amanhã (17). Relembre os jogos em que Uribe balançou as redes tricolores:

Once Caldas 2 x 1 São Paulo (2010)

O primeiro encontro foi pelo Grupo 2 da Libertadores de 2010, em Manizales (COL). O Tricolor saiu na frente, aos 33, com Rogério Ceni cobrando falta que contou com desvio em Uribe e matou o goleiro colombiano.

O próprio camisa 20 do Once Caldas tratou de empatar a partida logo aos 4 do segundo tempo, de cabeça. E aos 26, Dayro Moreno arrancou para marcar um golaço, e dar a vitória aos donos da casa.

São Paulo 3 x 2 Atlético Nacional (2013)

Pela Copa Sul-Americana de 2013, no Morumbi, as duas equipes se enfrentaram na partida de ida das quartas de final do torneio. O São Paulo abriu o placar aos 13 minutos, com um golaço de Jadson. Aos 38, Rogério e Rodrigo Caio se atrapalharam, Cárdenas roubou e tocou para Uribe empatar. 

No segundo tempo, Antônio Carlos alternou momentos de herói e vilão. Aos 26, o zagueiro completou o desvio de Rodrigo Caio após escanteio, e recolocou o Tricolor na frente. Sete minutos depois, ele foi tentar recuar, abusou da força e deixou Duque na cara do gol para empatar novamente.

No fim, aos 45, Antônio Carlos terminou o jogo nas graças da torcida ao completar, de novo, de cabeça para o fundo do gol colombiano, e sacramentar o triunfo por 3 a 2.

Toluca 3 x 1 São Paulo (2016)

Após golear na partida de ida das oitavas de final da Libertadores, por 4 a 0 no Morumbi, o Tricolor foi até o México para garantir a classificação. Mas sofreu alguns sustos. O primeiro veio aos 17 minutos, quando Trejo cruzou e Uribe, completamente livre após se livrar de Rodrigo Caio, completou para o gol, 1 a 0.

No segundo tempo, o alívio veio aos 5, quando Michel Bastos bateu cruzado e empatou a partida, forçando o Toluca a marcar mais cinco gols. Aos 15, Trejo cruzou mais uma vez e Triverio foi quem completou para recolocar os mexicanos na frente. Mas os donos da casa só conseguiram marcar mais um, aos 41, quando Uribe ganhou de Dênis com um voleio, fez 3 a 1, e deu números finais ao jogo.

VAVEL Logo

    Flamengo Notícias

    há 7 horas
    há 13 horas
    há 3 dias
    há 3 dias
    há 5 dias
    há 8 dias
    há 11 dias
    há 11 dias
    há 12 dias
    há 15 dias
    há 21 dias