Vasco vence, mas Bahia segura vantagem e avança às quartas de final da Copa do Brasil

Cruz-maltino venceu baianos, mas por apenas dois gols de vantagem, que não foi suficiente para classificação

Vasco vence, mas Bahia segura vantagem e avança às quartas de final da Copa do Brasil
(Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br)
Vasco
2 0
Bahia
Vasco: Martín Silva; Rafael Galhardo (Kelvin, min. 30), Breno, Ricardo Graça e Ramon (Henrique, min. 36); Desábato e Andrey; Giovanni Augusto, Wagner (Thiago Galhardo, min. 76) e Yago Pikachu; Andrés Ríos.
Bahia: Anderson; Nino Paraíba (Flávio, min. 60), Tiago, Lucas Fonseca e Léo Pelé; Elton (Edson, min. 93) e Gregore; Mena, Vinícius (Régis, min. 71) e Zé Rafael; Edigar Junio.
Placar: 1-0, min. 33, Yago Pikachu. 2-0, min. 64, Andrey.
ÁRBITRO: Rafael Traci (PR-CBF). Cartões amarelos: Desábato (VAS); Vinícius, Edigar Junio, Lucas Fonseca, Zé Rafael e Léo Pelé (BAH). Cartão vermelho: Ríos (VAS); Léo Pelé (BAH)
INCIDENCIAS: Partida válida pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, disputada no estádio de São Januário, no Rio de Janeiro.

Não deu! O Vasco engoliu o Bahia durante os 90 minutos, mas o Esquadrão de Aço conseguiu segurar os cariocas até o minuto final. Em um jogo de expulsões e gols, Pikachu e Andrey marcaram os gols da vitória por 2 a 0 da equipe vascaína. Na ida o jogo acabou 3 a 0 para os visitantes, que com isso conquistaram a classificação nesta noite (16). 

O Gigante da Colina precisava do gol, então tratou de ir para cima. Yago Pikachu fez cruzamento rasteiro para Giovanni Augusto, mas o meia não conseguiu acertar a finalização. Andrey também tentou, mas acabou escorregando na hora em que iria chutar em direção ao gol da equipe visitante. 

Andrés Ríos criou boa oportunidade em seguida. Ramon lançou para o atacante que ajeitou para Pikachu, mas o camisa 22 não dominou. Na sobra, o argentino buscou o girou e finalizou forte, mas ao lado da meta baiana. 

Ríos era o principal nome do Alvinegro na etapa inicial, confirmou isso aos 31 minutos. O camisa 9 invadiu a área e foi derrubado por Nino Paraíba. Yago Pikachu cobrou o pênalti, assinalado pela arbitragem, e abriu o placar para delírio do torcedores presentes no estádio. 

Um não bastava, o Almirante precisava de três. Henrique, que entrou no lugar de Ramon, machucado, e Wagner tentaram ampliar. O lateral arrancou e foi derrubado, mas a bola sobrou com o meia que carregou e arrematou forte, mas pela linha de fundo. 

Com o Tricolor se preocupando em retardar o jogo, o clube carioca ia para cima e aproveitava a posse de bola. Aos 19 minutos, Andrey fez São Januário tremer. Pikachu cobrou falta na grande área e o volante cabeceou na segunda trave para ampliar. O goleiro Anderson ainda defendeu parcialmente, mas ela bateu na baliza e entrou. 

Ríos procurava, chamava o jogo, tentava, de qualquer, jeito deixar seu primeiro gol após a renovação de contrato. A sorte não parecia amiga do atacante e nem do time do Rio de Janeiro. A finalização do argentino foi ruim, sem direção, o que impossibilitou a classificação do time de Jorginho. De quebra, o camisa 9 foi expulso por agressão ao zagueiro Tiago. 

Nas quartas de final do mata-mata nacional, o Esquadrão Baiano terá dois difíceis duelos contra o Palmeiras, que garantiu a classificação antes da pausa para a Copa do Mundo . 

O próximo jogo do Vasco é na quinta-feira (19) diante do Fluminense, em São Januário, às 20h, pelo Campeonato Brasileiro. O Bahia visita a Chapecoense, também na quinta-feira (19), na Arena Condá