Roger Machado comenta situação de Scarpa, Dudu e projeta clássico contra Santos

Na véspera do confronto contra o Santos, o treinador palmeirense deu entrevista na Academia de Futebol e comentou temas que causaram polêmica na última semana

Roger Machado comenta situação de Scarpa, Dudu e projeta clássico contra Santos
Victor Cunha / VAVEL Brasil

Nesta tarde de quarta-feira (18/07), o treinador Roger Machado falou com a imprensa pela última vez antes do clássico contra o Santos que ocorre nessa quinta-feira (19/08), no estádio do Pacaembu. O confronto vai marcar o retorno oficial da equipe Alviverde aos gramados após o período de pausa para a Copa do Mundo.

Na entrevista, Roger comentou temas que marcaram o Palmeiras na última semana, como a proposta que chegou pelo atacante do Dudu e sua repercussão, o retorno de Gustavo Scarpa ao time, a preparação para essa sequência de temporada após a parada e a volta aos campos com um clássico.

"A surpresa no retorno do Scarpa foi que ele demorou menos pra readquirir esse ritmo de jogo. Ele conseguiu disputar os amistosos de uma forma natural. É um retorno muito festejado, também pela saída do Keno, que era nosso jogador de velocidade na equipe". 

O técnico alviverde, além de comemorar o retorno do jogador, que estava impedido de jogar por indecisões na justiça, citou o fato como um contraponto à perda de um jogador importante como o Keno. Mais na frente, completou: “Eu não tenho dúvida de que ele será uma peça importante. Apenas com uma leve mudança com a saída de Keno. Com Scarpa e Hyoran, temos jogadores que joga pelo meio, liberando os corredores nas laterais".

Dudu também foi um tema bastante citado na entrevista do treinador. O jogador recebeu proposta para deixar o clube, mas não foi negociado. Entretanto, uma postagem onde o jogador editou o post original causou polêmica ao redor do atleta. Roger defendeu o jogador e afirmou:  “Ele vai dar o seu 110% como ele deu até agora. Houve outros momentos iguais a esse e ele permaneceu focado e conquistando vitórias e títulos importantes”.

“Começar com um jogo grande pra mim é sempre bom. Jogos grandes são jogos que você pode mostrar muito, mostrar ao que veio.” Essa foi a opinião do comandante palmeirense sobre ter de cara um clássico nesse retorno de intertemporada.

"Não houve prejuízo nenhum. Essa parada deu possibilidade de trabalhar muito esse time que vai para o jogo contra o Santos. Houve até uma mudança de característica, que pode até agregar.” O treinador citou que não considera que o time perca o nível devido aos desfalques, e afirmou que houve apenas uma mudança de estilo.

"Me preocupa as idéias do Jair e a qualidade dos meninos. Imagino que com esse tempo de treinamento existe uma evolução na equipe. Será um clássico disputado e um grande jogo", disse o técnico sobre a expectativa para o confronto.

O Palmeiras deve ir para o duelo contra o Santos com a seguinte escalação: Weverton; Marcos Rocha, Antonio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Felipe Melo e Bruno Henrique; Scarpa, Lucas Lima e Hyoran; Willian.