Roger se diz orgulhoso com vitória do Palmeiras nos acréscimos: "Produzimos para vencer"
Foto: Rafael Costa / VAVEL Brasil

O Palmeiras bateu a equipe do Atlético-MG com um gol do Bruno Henrique nos últimos instantes do confronto, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Mais uma vez a equipe alviverde saiu na frente do placar e acabou sofrendo o empate. A torcida no Allianz Parque já pegava no pé do Roger Machado quando o gol da vitória saiu. O treinador preferiu não polemizar sobre o assunto.

O torcedor estava impaciente e sobrou até para o treinador a beira do campo. Eu não desejo discutir essa relação de amor do torcedor com o time e os resultados. Isso é natural, o ele vai questionar a medida que entender que o resultado não estiver acontecendo da forma que ele deseja”, disse.

Já falando sobre o desempenho do seus comandados na partida deste domingo, Roger afirmou que a equipe produziu bem e analisou também o fato de ter mais uma vez sofrido o empate após iniciar vencendo.

Mais um jogo que a gente produziu bastante para vencer. Não conseguimos segurar o resultado, permitindo duas vezes que o adversário conseguisse o empate. Hoje foi uma vitória do grupo, o torcedor mesmo impaciente acreditou até o último momento. Nesses quatro jogos, em que três sofremos o empate, nós não conseguimos segurar o ímpeto do adversário. É mais fácil a gente corrigir esses detalhes do que ter uma equipe que não cria e não conseguir sair na frente. A gente tem que saber sofrer no jogo”, ressaltou.

Roger não escondeu a felicidade com uma vitória tão importante para as pretensões do Palmeiras no Campeonato Brasileiro, que já vê Flamengo e São Paulo abrindo uma boa vantagem para os demais concorrentes.

Eu estou muito orgulhoso dessa vitória que nos deu a condição de estar em quarto lugar, para poder olhar para a frente da tabela e diminuir essa diferença da frente”, comemorou. 

O técnico também falou sobre dois destaques individuais da sua equipe. O goleiro Weverton que assumiu a titularidade após a volta da inter-temporada e o meio-campo Bruno Henrique, que marcou um belo gol de falta e o gol da vitória.

"Desde o começo do ano, o que eu falei pro Jaílson, que ia dar uma sequência pro Weverton, assim como eu fui com ele. Ele está provando que está pronto para ser a camisa número um nesse momento. Eu tenho três goleiros em alto nível, isso que me deixa tranquilo”, destacou.

Roger justificou a tomada da titularidade por parte do atleta que foi um dos primeiros reforços do clube alviverde para a temporada, já que a disputa pela posição era uma das mais esperadas no início do ano.

Bruno Henrique foi elogiado não só pelos gols que marcou no jogo de hoje, mas também por ter sido um grande líder. “A questão da faixa tem muito a ver com a liderança do Bruno. A entrega e a capacidade de poder organizar o time, passar orientação dentro de campo. Então essa sequência de quatro jogos com a faixa não é ocasional. Hoje o Bruno é o novo capitão do time pra esse momento, tendo outras lideranças que a gente pode deixar aflorar em outros momentos”, disse.

O Palmeiras volta a campo na quarta-feira (25), no Maracanã, para enfrentar o Fluminense, às 19h30.

VAVEL Logo