Após saídas de jogadores, Andrés Sanchez promete reforços a conselheiros do  Corinthians
Presidente está na sua segunda passagem pelo Timão (Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)

Após saídas de jogadores, Andrés Sanchez promete reforços a conselheiros do  Corinthians

Em reunião com conselheiros na última terça-feira (24), o presidente do Corinthians falou sobre novas contratações, a construção do CT da base e a saída de jogadores do clube

amandaaraujo
Amanda Araujo

O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, se reuniu com aproximadamente 10 conselheiros oposicionistas em sua sala no Parque São Jorge e prometeu mais três ou quatro reforços para o time alvinegro. Além disso, ele falou que pretende entregar o centro de treinamento das categorias de base do time até abril de 2019.

Contratações

Após a saída do zagueiro Balbuena, do volante Maycon, o lateral-esquerdo Sidcley, do meia Rodriguinho e fora de alguns outros que não eram titulares, Andrés disse que o nome mais próximo de fechar com o Corinthians é o atacante paraguaio Sérgio Díaz, de 20 anos. O acerto verbalmente já foi feito, segundo o presidente.

O jogador, que foi revelado pelo Cerro Porteño, do Paraguai, pertence ao Real Madrid e deve ser emprestado ao Timão por pelo menos um ano. Além dele, Andrés Sanchez garantiu que deseja contratar pelo menos mais três atletas para este semestre. 

O Corinthians, mesmo tendo vendido vários jogadores, contratou somente três reforços durante a parada da Copa do Mundo. Foram eles: o lateral-esquerdo Danilo Avelar, o volante Douglas e o atacante Jonathas. É por isso que o assunto contratação está sendo cobrado pelos conselheiros e pelos torcedores.

Centro de Treinamento e Patrocínio máster

Em relação ao CT da base, o presidente disse que as obras foram retomadas mês passado. Ele vai ficar localizado próximo ao centro de treinamento destinado à equipe profissional, Joaquim Grava. O espaço contará com quatro campos, além de academia, refeitório e alojamento. E, conforme dito pelo presidente, ficará pronto no início de 2019.

Andrés também falou sobre que a busca por um patrocínio máster continua. O time rompeu com a Caixa Econômica Federal no início do ano passado, devido ao fato de uma tentativa de diminuição do valor do acordo e, também, da obrigação de dar exclusividade à marca do banco no uniforme. E agora está procurando um novo patrocínio.

O presidente se dispôs a responder os questionamentos e disse que estará sempre aberto a sugestões dos conselheiros. Com isso, os conselheiros saíram satisfeitos do encontro com Andrés. 

VAVEL Logo