São Paulo anuncia venda do lateral Éder Militão para o Porto por 7 milhões de euros
Foto: Divulgação São Paulo

Nesta quarta feira (25), o São Paulo anuncia a venda do lateral direito Éder Militão para o Porto. Em uma reunião no Morumbi, nove membros do conselho de administração se reuniram para discutir a venda do jogador. Em uma decisão unânime, todos aderiram a decisão do jogador de jogar em Portugal.

Militão tinha contrato com o Tricolor paulista até janeiro de 2019, mas já havia demonstrado sua vontade de sair do clube. O São Paulo havia tendo conversas com jogador desde de 2017 para renovar seu contrato, recusou três propostas nesse primeiro semestre de 2018. Nem as boas atuações do time no Campeonato brasileiro, que está na segunda colocação, apenas a um ponto do líder, motivou Militão a permanecer no clube.

Com a venda, o Porto pagará 7 milhões de euros (cerca de 30,6 milhões de reais). 3 milhões serão divididos entre o staff de Militão e ele mesmo. O Tricolor ficará com o valor de 18 milhões de reais pelo jogador. O São Paulo tentava segurar o atleta até o final da janela de transferência, 31 de agosto, mas o Porto não permitiu. Tendo recebido uma oferta por 4 milhões recusada, o São Paulo buscava por uma oferta melhor e conseguiu o direito de 10% de lucro em uma venda futura do lateral.

O São Paulo espera que o Militão ficasse por mais tempo para que o novo contratado Bruno Peres, pudesse recuperar sua forma física para substitui-lo na lateral direita. Mesmo tendo Regis para disputar a vaga, o mesmo também não se encontra nas suas melhores condições por ter sido afastado do clube por problemas pessoais.

O Tricolor paulista se viu encurralado com duas opções. Ou mantinha Militão até o final do seu contrato em janeiro de 2019 e vendia o jogador, mas não teria nenhum lucro. Ou o vendia agora para o Porto, por já ter percebido as sondagens para que ganhasse algum lucro, já que a situação financeira do clube vinha passando por momentos difíceis e viram uma boa oportunidade de lucrar.

Com isso, o Militão ficará por mais quatro jogos. Contra do Grêmio para a 15° rodada do Campeonato Brasileiro lá em Porto Alegre, contra o Cruzeiro, Colón da Argentina pela Sul-Americana e sua despedida será contra o Vasco, o jogo será realizado no Morumbi.

O jogador assinou seu contrato com o Porto por cinco temporadas. O clube não terá o jogador neste sábado como tinha esperado para apresenta-lo antes do amistoso contra o Newcastle United.

Éder Militão foi revelado pelo São Paulo, subiu para o profissional ano passado e desde de então tem 54 jogos com a camisa do clube. Nesta temporada foi o jogador que mais atuou pelo clube. O jovem de 20 anos teve uma curta, mas bela história no profissional do Tricolor.

 

VAVEL Logo