Botafogo encara Chapecoense por recuperação no Brasileiro
Foto: Divulgação/Flickr Oficial Botafogo

O novo comandante do Botafogo ainda não triunfou desde que assumiu o time, e vai em busca de seu primeiro resultado positivo nesta quinta feira (26), às 19h30, no Engenhão, contra a Chapecoense. As duas equipes estão próximas da zona de rebaixamento; enquanto o Botafogo tem 17 pontos na 12ª colocação, o Verdão tem 16, duas posições abaixo.

O Botafogo vem de duas derrotas, ambas por 2 a 0. A primeira contra o Corinthians, em Itaquera, quando o goleiro Cássio garantiu a vitória do time paulista, e a segunda no clássico contra o Flamengo, onde o clube carioca perdeu o goleiro Jefferson, que sofreu um trauma no tórax. Porém o time ainda não perdeu em casa, sendo 3 empates e 3 vitórias, e deve contar com o retrospecto para voltar a vencer no campeonato.

Do lado catarinense, a Chape tenta manter a série de 4 jogos de invencibilidade, mas também vai em busca de uma vitória depois de 3 jogos - foram 3 empates seguidos. Outra marca contra o Verdão é que ainda não venceu fora de casa neste Campeonato Brasileiro.

+ Kleina lamenta empate e vê Chapecoense superior ao Santos "Fomos merecedores"

PROBLEMAS NO GOL DO FOGÃO

O Botafogo vive um drama quanto aos goleiros. Sem poder contar com Gatito Fernandez, que teve uma lesão no pulso, em abril, os alvinegros também perderam o goleiro Jefferson no último jogo contra o Flamengo. O camisa 1 sofreu um trauma no tórax e, com isso, o jovem Saulo será o titular.

“Vejo como uma oportunidade muito grande. Não estava jogando e para goleiro é difícil entrar da maneira que foi. Estou preparado e desde quando subi para o profissional eu tenho treinado para esse momento e ele chegou. Vou dar o meu máximo para agarrar essa oportunidade. Nas duas últimas partidas nós perdemos mesmo jogando bem, sabemos da nossa colocação no campeonato e estamos passando por um momento difícil, mas creio que nesse jogo contra a Chapecoense nós vamos dar a volta por cima e sair com o resultado positivo para melhorar essa situação”, disse.

+ Preparador de goleiros do Botafogo demonstra confiança em Saulo: "Acreditamos muito nele"

Mesmo com os resultados ruins nas duas últimas partidas, o técnico Marcos Paquetá se mostrou tranquilo em coletiva de imprensa, acreditando numa evolução da equipe e confiante em resultados melhores nos próximos jogos.

"Mesmo nos jogos em que tomamos dois gols, poderia ser muito pior, mas a equipe teve equilibrou, se arrumou, se organizou. Mostrou determinação, vontade e brilho nos olhos. Talvez por isso esses números expressivos. Que os números sejam mais efetivos agora. Temos que fazer com que a bola entre", falou.


SOMENTE A VITÓRIA IMPORTA

Após 3 empates em sequência, a Chape vai em busca da sua primeira vitória fora de casa. Pelo menos é isso que o técnico Gilson Kleina almeja. O comandante espera que o time mantenha a intensidade que vem demonstrando nos jogos em casa e que os jogadores pensem apenas na vitória.

"Manter o espírito de dentro de casa, competitivo, aguerrido, todo instante querendo o resultado positivo. Temos que ter essa identidade fora. Fizemos bom jogo contra o América, fizemos um bom jogo, sem abrir mão de nossa característica que é marcar forte, mas ciente que temos condições de ter resultado positivo", frisou.


Kleina também aposta na má fase do Botafogo, e acredita que o técnico adversário está fazendo testes com o elenco, o que abre espaços para erros.

"Vamos pegar uma equipe com dois resultados ruins, com certeza o treinador está mexendo, espero fazer um grande jogo. Vamos enfrentar um clube de grande tradição, mas espero ter a primeira vitória fora de casa", comentou.


Porém, Kleina também terá que promover mudanças na equipe principal, já que Luiz Antonio foi negociado com o futebol Árabe e se despediu do elenco na última terça feira (24). O volante chegou à Chapecó em fevereiro de 2017, emprestado pelo Flamengo, e ganhou espaço como titular da equipe. Luiz Antonio foi um dos destaques da última partida contra o Santos.

 

VAVEL Logo