Mano Menezes lamenta derrota e reclama das chances desperdiçadas pelo Cruzeiro na partida
Foto: Facebook Cruzeiro Esporte Clube

Depois da derrota fora de casa por 2 a 0 para a equipe do Corinthians, o treinador cruzeirense lamentou bastante a derrota em São Paulo, muito pelas circunstâncias da partida. Mano foi bem firme em suas respostas e evitou falar a respeito do rodízio de jogadores, que disse não ter sido um dos fatores responsáveis pelo insucesso do time. Quando foi abordado sobre o que não funcionou na partida, disse:

"O que nos deixa essa frustração como sentimento é que não se pode perder um jogo com aquilo que jogamos.” [...] “O jogo em si, a proposta, a ideia do que queríamos fazer conseguimos quase que na totalidade em termos de execução. Taticamente o time foi bem, mas, no futebol, você tem que matar, não adianta.”

Mesmo apresentando superioridade em grande parte do jogo, o Cruzeiro pecou nas finalizações e o time paulista não perdoou. Sobre os lances do Corinthians e as chances perdidas nos ataques do Cruzeiro, Mano falou:

N​o futebol temos que aproveitar as chances. Acho que tomamos o primeiro gol com muita facilidade. Uma bola longa, lá do sistema defensivo. Inexplicavelmente tomamos uma bola nas costas em um chute de sessenta metros, logo no início da jogada. Depois deixamos a bola circular, não pressionamos (o adversário), e assim tomamos o primeiro gol. Depois criamos três chances claríssimas com jogadores como os que nos temos não costumam errar, mas hoje não foi assim. Logo, veio o segundo deles.”

Questionado diversas vezes sobre as trocas e o rodízio de elenco utilizado no jogo, Mano preferiu não comentar sobre as razões das trocas, e apenas frisou que ‘ninguém teria sido poupado’.  Disse que  farão as devidas trocas quando acharem necessidade.

“Vamos fazer dentro da lógica da competição. Não acho que sofremos a derrota por que tiramos ou colocamos jogadores. Perdemos por que não fizemos o que podíamos ter feito. Não foi pela baixa atuação do Cruzeiro”

O tempo é muito curto para a equipe de Mano Menezes lamentar. Já no próximo domingo (29), o Cruzeiro enfrenta o São Paulo, às 16h, no Mineirão, em busca de voltar a vencer no Brasileirão.

VAVEL Logo