Marcelo Oliveira exalta resultado sobre o Palmeiras: “Vitória fundamental”
FOTO: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.

Marcelo Oliveira exalta resultado sobre o Palmeiras: “Vitória fundamental”

Foi a segunda vitória do treinador em três partidas

jessicaalbuquerque
Jéssica Albuquerque

O técnico do Fluminense, Marcelo Oliveira, concedeu entrevista após a vitória do Tricolor sobre o Palmeiras por 1 a 0. Marcelo gostou do resultado e definiu a vitória como “quase uma goleada”.

Foi uma vitória fundamental em todos os aspectos. Um jogo extremamente difícil que gera confiança ainda maior nesse início de trabalho por estarmos enfrentando um dos melhores elencos do Brasil” disse o treinador.

O Tricolor abriu o placar com o lateral Gilberto, aos 42 do primeiro tempo. O treinador afirmou que a equipe teve chances, assim como o Palmeiras. E no intervalo ele promoveu mudanças para ajustar a marcação.

Estarmos em vantagem nos deu a condição de tentar marcar melhor e usar os contra-ataques. Infelizmente não escolhemos as melhores jogadas. Umas três vezes tivemos boas chances e não concretizamos. Mas o 1 a 0 nessas circunstâncias é quase uma goleada”.

O treinador também falou sobre a sequência de jogos, com partidas no meio e no final de semana. Ele afirmou que isso prejudica na hora de escalar o time, que sofre com desgastes e lesões.

Todas as equipes em um Brasileiro, jogando frequentemente, é sempre muito difícil. Sempre perde um ou outro jogador. No caso do Fluminense perdemos vários jogadores nessa rodada. Mas conseguimos armar o time de forma diferente com o Dutra, Airton. Foi uma noite boa”.

Marcelo Oliveira também falou sobre a contratação do atacante equatoriano Bryan Cabezas.  O jogador de 21 anos pertence ao Atalanta, da Itália, e vem por empréstimo até o meio do ano que vem, com opção de compra.

Jogador muito interessante, tem experiência internacional, velocidade pelo lado, faz gols, e vai se unir ao resto do grupo do Fluminense. Ele estava parado há um mês, mas tem uma boa condição física e talvez em uns 15 dias ele já consiga nos ajudar”.

A partida marcou o reencontro de Gustavo Scarpa com seu ex-clube. Sua saída foi conturbada e o jogador foi bastante hostilizado pela torcida do Fluminense. Marcelo Oliveira preferiu falar com seus jogadores sobre o Palmeiras no coletivo, e não de apenas um jogador.

Em momento algum falei do Scarpa com o grupo. Só ao analisar o adversário e ao falar de suas qualidades. Mas nunca da questão dele com o clube. O jogo era contra o Palmeiras, um concorrente direto. Tínhamos que respeitar o Palmeiras e procurar fazer o nosso melhor jogo”.

O Fluminense tem se reforçado nas últimas semanas, com as chegadas do zagueiro Digão, além dos atacantes Junior Dutra, Luciano, Bryan Cabezas e Everaldo.  O treinador falou sobre esse assunto e analisou a partida contra a equipe paulista.

Nosso elenco está gradativamente se reforçando. Quando chegamos, combinamos que teríamos que buscar de três a quatro jogadores de forma criativa. No ataque isso está sendo feito, chegaram quatro. Armamos o jogo hoje para marcar forte, contra-atacar e impor nossa condição. Fizemos o gol na hora certa e lavamos até o fim. É muito bom comemorar uma vitória dessa grandeza”.

Marcelo Oliveira também exaltou a força da torcida, que compareceu em bom número na noite desta quarta-feira. E afirmou que aos poucos irá montar uma equipe tática e tecnicamente equilibrada.

Queremos contar sempre com o torcedor. Sempre que vim jogar contra o Fluminense foi muito difícil pela qualidade, tradição, mas também pela torcida que empurra. Essa parceria vai ser fundamental. O que podemos prometer é um time que vai lutar muito, trabalhar forte, união muito grande” finalizou.

O próximo compromisso do Fluminense é contra o Ceará, no sábado, às 16h, no Estádio Presidente Vargas. A partida é válida pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Tricolor ocupa a nona posição, com 21 pontos.

VAVEL Logo