Após nova derrota, Claudinei Oliveira lamenta chances perdidas pelo Sport: “Temos que fazer gols”
Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife

Após nova derrota, Claudinei Oliveira lamenta chances perdidas pelo Sport: “Temos que fazer gols”

Treinador leonino disse saber que precisa entregar resultados melhores, mas reconheceu que a situação do time poderia ser ainda pior

miguel-angelo
Miguel Inácio

Depois de mais uma derrota no Campeonato Brasileiro, o Sport caiu na tabela e sente agora a ameaça do rebaixamento bem mais perto. São apenas três pontos separando o Leão da 17ª colocada, a Chapecoense.

O revés diante do Vitória, no Barradão, foi a quinta partida seguida sem vencer para os rubro-negros pernambucanos, que ainda não conseguiram conquistar nem um ponto depois da parada para a Copa do Mundo. O técnico Claudinei Oliveira ressaltou o domínio do time em campo, mas reconheceu que os resultados precisam chegar.

"Estou buscando soluções a todo momento. Creio que o time pode evoluir. Mas meu contato com a diretoria é todo dia e sei que tenho que entregar resultados. Todo mundo fala que o Sport vai brigar pra não cair mas, depois de 3 derrotas seguidas, ainda estamos a 3 pontos do Z-4. Mas poderíamos estar muito piores. Temos que ter equilíbrio", declarou. 

"Fizemos um bom primeiro tempo. A melhor chance foi nossa, infelizmente não entrou. No segundo tempo disse aos atletas que não podíamos sofrer gol no contra-ataque jogando fora de casa e foi justamente o que aconteceu. Depois, lutamos, criamos, mas temos que fazer gols. Estatísticas não mudam a classificação", acrescentou.

Questionado também sobre a entrada de Hygor no lugar de Rogério, que deixou o campo lesionado, o treinador explicou que preferiu manter a característica no ataque.

"Carlos Henrique é um jogador mais de proteção. O Vitória estava jogando com a defesa em linha alta. Ainda pensamos em colocar o Marlone e centralizar o Rafael Marques, mas queríamos aproveitar a profundidade. Hygor é rápido e vem treinando bem. Acho que ele fez um bom jogo, criou chances. Foi mesmo pela situação de jogo, de ter um velocista pra explorar jogadas em profundidade", comentou.

O treinador falou ainda sobre o jogo do próximo domingo (29), quando o Sport entra em campo para enfrentar o Flamengo, no Maracanã, às 16h.

"Nós nos colocamos nessa situação, cabe a nós tirarmos o Sport disso. Não podemos aceitar três derrotas seguidas. Temos condições de ir ao Rio de Janeiro e conquistar pontos", disse.

VAVEL Logo