Em duelo de rubro-negros, Vitória supera Sport e se afasta da zona de rebaixamento
Foto: Maurícia da Matta / EC Vitória

Em duelo de rubro-negros, Vitória supera Sport e se afasta da zona de rebaixamento

Com gol do atacante Erick, rubro-negro baiano supera o pernambucano e vence por 1x0

wesley-silva
Wesley Silvali
VitóriaRonaldo; Ramon, Aderlan, Ruan Renato, Matheus; Willian Farias, Arouca, Yago (Meli); Luan (Erick), Neilton; André Lima (Walter Bou)
SportMagrão; Raul Prata, Léo Ortiz, Ronaldo Alves, Sander; Deivid (Carlos Henrique), Felipe Bastos, Gabriel; Rogério (Higor), Michel Bastos; Rafael Marques (Marlone)
Placar1-0, Erick, MIN 15, 2ºt.
ÁRBITROVinícius Gonçalves Dias Araújo (SP)
INCIDENCIASJogo válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro da Serie A.

Na noite desta quinta (26), Vitória e Sport se enfrentaram no estádio do Barradão, em confronto válido pela 15ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Pressionado depois de sofrer goleada contra o maior rival no último domingo, o rubro-negro de Salvador conseguiu se recuperar e venceu os pernambucanos por 1x0, com gol do atacante Erick.

Com o resultado, o Vitória subiu três posições e conseguiu se afastar da zona do rebaixamento, ficando agora na 13º posição. Por outro lado, o Sport segue sem vencer após a parada da Copa e caiu para o 12º lugar.

Sport domina primeiro tempo mas não consegue sair na frente

Mesmo fora de casa, o rubro-negro de Recife não se sentiu acanhado em ir para cima. Visando se reabilitar no campeonato, o Leão da Ilha foi para o ataque e povoou o campo de defesa adversário. O grande volume de posse de bola teve seu auge nos pés de Michel Bastos, que após passe em profundidade saiu na cara do goleiro Ronaldo mas desperdiçou a oportunidade.

Apresentando dificuldades em se encontrar, o Vitória pouco conseguia atacar e acumulava erro de passes em bolas esticadas. A única chance baiana surgiria em jogada individual de Neilton, que arrastou a marcação do lado direito e bateu cruzado para difícil defesa de Magrão. Sem muita inspiração ou novas chances, o primeiro tempo acabou em 0x0.

Vitória ganha o campo de ataque no segundo tempo e consegue resultado

O segundo tempo iniciou com uma faceta oposta do primeiro. Antes retraído, os 10 minutos iniciais já mostrava os zagueiros do Vitória posicionados praticamente no círculo do meio campo. Com as linhas avançadas do Leão da Barra, o Sport não conseguiu reagir e ficou plantada na defesa sem mais conseguir trocar tantos passes.

Mas diferente do Leão pernambucano, o baiano foi incisivo: aproveitou o bom momento que teve e conseguiu o gol que o levaria ao resultado. Willian Farias tocou para Erik, que caminhou com a bola, cortou para dentro e chapou seco no lado esquerdo de Magrão, que se esticou mas não passou nem perto de fazer a defesa. Foi o primeiro gol do atacante ex-Náutico e Braga pelo Vitória.

Correndo pelo resultado atrás do placar, o Sport voltou a atacar e o jogo ficou outra vez á margem do que foi o prmeiro tempo. Volume, posse, e mais uma grande chance criada pelo time de Recife: outra vez perdida, dessa vez com o atacante Higor, que parou no goleirão Ronaldo.

Postado na defesa e tentando ser reativo, o Vitória até chegou perto de encaixar um contra-ataque para ampliar, sem sucesso. Mas se não fez o segundo, também não tomou o empate e segurou o resultado, que foi consumado aos 50 minutos, quando o juiz apitou o fim da partida.

 

VAVEL Logo