Romero marca três vezes e comanda goleada do Corinthians sobre Vasco em Brasília
Corinthians engatou sequência positiva no comando de Osmar Loss (Foto: Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians)

Na manhã deste domingo (29), o Corinthians foi a Brasília enfrentar o Vasco, no Estádio Mané Garrincha. O Cruz-Maltino saiu na frente com um gol de Yago Pikachu de pênalti, mas na segunda etapa, o paraguaio Romero marcou duas vezes e Jadson fechou o marcador de pênalti, sacramentando a virada alvinegra sobre o Vasco.

Em uma primeira etapa movimentada, as duas equipes se mostraram ofensivas, buscando o gol a todo instante. O Corinthians tentou impôr seu jogo, ocupando o campo de ataque, mas foi o Vasco quem acabou assustando primeiro.

Durante uma jogada de escanteio, Evander subiu mais alto do que os corinthianos e exigiu defesa providencial de Cássio. Em seguida, Pikachu e Andrés Rios arriscaram chutes perigosos de fora da área, mas não balançaram as redes. 

O Corinthians por sua vez, concentrava seu jogo pelas pontas, com Clayson, pela esquerda e Pedrinho, pela direita, constantemente acionados, assim como Romero. O camisa 11 recebeu cruzamento rasteiro de Clayson dentro da área, ficou cara a cara com Martin Silva, mas chegou atrasado no lance e viu a bola passar. Danilo Avelar ainda cabeceou a bola no travessão durante o escanteio batido por Jadson, em um momento que o Corinthians se mostrava melhor no confronto.

Entretanto, nos instantes finais da primeira tapa, Pikachu recebeu na ponta esquerda e foi derrubado por Fagner. O árbitro assinalou pênalti que fora convertido pelo próprio lateral que foi derrubado, inaugurando o placar para o Vasco em um momento que o Corinthians pressionava e se mostrava mais ativo no confronto.

(Foto: Carlos Gregório Jr./Vasco)

 Já nos instantes iniciais da segunda etapa, o Vasco seguiu o embalo do gol marcado nos primeiros 45 minutos. Contudo, o Corinthians encaixou contra-ataque pela esquerda com Clayson, que cruzou rasteiro, inverteu a jogada para Pedrinho dentro da área e tocou para Romero, na infiltração dentro da área. O paraguaio viu o gol vazio, com dois defensores cariocas tentando impedir o chute, mas a finalização forte venceu a defesa e morreu no fundo do gol.

Seguindo o ritmo do primeiro gol, o Corinthians ainda conseguiu a virada. Clayson encontrou Pedrinho na lateral esquerda, que cruzou mais uma vez para Romero desviar um chute de letra e virar o placar para o Timão.

O Vasco nitidamente sentiu o gol, mas partiu para cima e passou a se expôr aos contra-ataques do Corinthians, que não surtiam enfeito. Por outro lado, os cariocas buscavam finalizar de longe e com bolas aéreas, mas não davam trabalho a Cássio.

Mateus Vital, que entrou no lugar de Clayson, ainda foi derrubado dentro da área. O árbitro marcou mais um pênalti na partida e Jadson converteu. 

Tentando uma pressão no final para pôr fogo no jogo e incomodar o Corinthians, o Vasco se expôs e deu o contra-ataque pro Timão. Romero recebeu no meio, e saiu em disparada em direção ao gol de Martin Silva, que bem que tentou, mas nada viu o paraguaio, em manhã inspirada, marcar seu terceiro gol do jogo e quarto gol do Corinthians no duelo.

Com o resultado, o Corinthians sobe uma posição a tabela, indo para sétimo colocado. Já o Vasco estaciona na 11° posição com 19 pontos e um jogo a menos. O Cruz-Maltino ainda pode cair para 14° caso haja uma combinação de resultados nesta rodada.

Agora, o Vasco tem a semana livre para treinar e se prepara para enfrentar o São Paulo no próximo domingo, em pleno Morumbi. Já o Corinthians tem compromisso na próxima quarta-feira (1°), pela Copa do Brasil, contra a Chapecoense.

VAVEL Logo