Enderson Moreira vê entrada de Mena como ganho e prefere não definir equipe do Bahia
(Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/Bahia)

Enderson Moreira vê entrada de Mena como ganho e prefere não definir equipe do Bahia

Treinador não poderá contar com Léo no confronto desta quinta-feira, contra o Palmeiras

Zeca5
Zeca Lemos

Em busca de uma vaga inédita na semifinal da Copa do Brasil, o Bahia começa a disputa das quartas de final contra o Palmeiras nesta quinta-feira (2), na Fonte Nova às 19h15.

Para enfrentar o time paulista, que vem de vitória no Campeonato Brasileiro e atualmente ocupa a sexta posição na competição, o comandante Enderson Moreira vai contar com os retornos dos titulares Zé Rafael e Lucas Fonseca, que desfalcaram o time na última rodada da Série A. Por outro lado, Léo está suspenso e vai dar lugar a Mena.

Enderson comentou sobre os apectos diferentes de característica entre Léo e Mena, porém, mostrou confiança no rendimento do chileno. Para o técnico, a equipe vai ganhar em outros quesitos.

"Só características diferentes. Léo tem alguns quesitos que podem ser melhores, e o Mena, outros. O Mena é jogador de seleção chilena, experiente, qualificado tecnicamente, com boa consistência defensiva, boa qualidade no terço final. Muda um pouco a característica da equipe, mas, no geral, a gente vai estar bem com Mena", disse o treinador.

Com Mena, Lucas Fonseca e Zé Rafael, o resto da equipe titular do Bahia deve ser aquele que enfrentou o Atlético-MG, na última rodada do Série A. O provável time titular para o jogo desta quinta é: Anderson; Bruno, Tiago, Lucas Fonseca e Mena; Gregore e Elton; Edigar Junio, Vinícius e Zé Rafael; Gilberto.

Enderson, no entanto, não confirmou o time. O treinador afirma que vai definir a escalação de acordo com a situação física dos atletas.

"Não gosto de ficar revelando equipe titular, porque ainda tem um treino. Os jogadores saíram [da partida contra o Atlético-MG] extremamente extenuados. Tem jogador que, se o jogo fosse hoje, não teria a mínima condição de participar. A gente precisa dessas 24h para ter certeza daqueles atletas que vão estar aptos a participar. Jogador que está com dificuldade de recuperar não pode participar. Infelizmente, a sequência de jogos pesa para todos. Chega no ponto que ele não vai dar conta. A gente precisa tirar um jogador ou outro em cada partida. São jogos decisivos", afirmou o comandante.

No tocante à postura da equipe contra o Palmeiras, Enderson espera um Bahia ofensivo, mas que também saiba ser inteligente para cadenciar o jogo nos momentos oportunos.

"O que a gente tem colocado é que tem que ser muito ofensivo, agressivo mesmo, que é uma característica da equipe, do clube. Mas temos que entender também que, em alguns momentos, tem que ter valorização da posse de bola, fazer essa bola rodar, não adianta ficar atacando onde não tem onde atacar. Aí você perde a posse de bola e tem que correr atrás. As equipes são muito qualificadas tecnicamente. Quando você perde a posse de bola, é difícil retomar. Temos que ser extremamente inteligentes para poder manter a equipe agressiva, ofensiva, buscando constantemente o gol, mas, ao mesmo tempo, ter essa tranquilidade para rodar a bola", declarou o técnico tricolor.

VAVEL Logo

Esporte Clube Bahia Notícias

há 12 dias
há 17 dias
há 19 dias
há 19 dias
há 22 dias
há 24 dias
há 24 dias
há 25 dias
há 24 dias
há um mês
há um mês