Em situações semelhantes, Botafogo e Santos se enfrentam buscando recuperação no Brasileiro

Equipes buscam se reencontrarem com a vitória após mais resultados na competição

Em situações semelhantes, Botafogo e Santos se enfrentam buscando recuperação no Brasileiro
Foto: Vitor Silva/SS Press/BFR
Botafogo
Santos
Botafogo: Saulo; Marcinho, Carli, Igor Rabello e Yuri; Matheus Fernandes e Rodrigo Lindoso; Aguirre, Valência e Rodrigo Pimpão; Kieza. Técnico: Bruno Lazaroni (interino).
Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Gustavo Henrique Luiz Felipe e Dodô; Alison, Renato e Sánchez; Rodrygo, Gabriel e Bruno Henrique. Técnico: Cuca
ÁRBITRO: Paulo Roberto Alves Junior (PR) Assistentes: Pedro Martinelli Christino (PR) e Luciano Roggembaum (PR)
INCIDENCIAS: 17° rodada do Campeonato Brasileiro Série A Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro-RJ Data: 04 de agosto de 2018, sábado Horário: 16h (de Brasília)

Pressionados pelos maus resultados, o Botafogo recebe o Santos, neste sabádo (4), às 16h, no Estádio Nilton Santos, em jogo válido pela 17° rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

Na 11° posição no Brasileirão, o time carioca demitiu o técnico Marcos Paquetá apenas cinco jogos depois de assumir o Fogão, na última quarta-feira (1), após a derrota por 2 a 1 para o Nacional-PAR, pela Copa Sul-Americana. 

Para o jogo contra o Santos, o técnico interino, Bruno Lazaroni terá problemas para escalar a equipe. Com desfalques na lateral-esquerda, o interino não vai poder contar com Gilson e Moisés. O primeiro terá de cumprir suspensão automática, após tomar o terceiro cartão amarelo. Já o segundo, titular da posição, está fora da partida por conta de uma lesão no músculo adutor da coxa esquerda. O jogador foi submetido a um exame de ressonância magnética e não tem prazo de volta aos gramados. 

Com isso, as novidades para o jogo diante da equipe paulista são Yuri e Jonathan, ambos da base.

Por outro lado, o Santos vem em má fase, e para tentar sair da incômoda 17° posição contratou o técnico Cuca, que fez sua estreia na derrota por 1 a 0 para o Cruzeiro, na última quarta-feira (1), pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Para a partida diante do time carioca, o Alvinegro Praiano contará com dois dos três reforços, o volante Carlos Sánchez e o atacante Derlis Gonzáles, ambos foram regularizados no BID nesta sexta-feira (3). Sánchez inclusive, foi testado na equipe titular. 

Mas o técnico Cuca também tem desfalques para a partida. David Braz e Emiliano Vecchio foram liberados por estarem em negociações com outros times. O meia Bryan Ruiz teve seu nome divulgado Diário da União e foi liberado para resolver questões de sua documentação, inclusive, o costa-riquenho foi regularizado no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), na tarde desta sexta-feira (3). Lucas Veríssimo e Eduardo Sasha também são desfalques para o jogo. O primeiro está com lombalgia, já o segundo tem uma lesão na coxa esquerda.

Com mudanças no time titular, o técnico Cuca explicou a opção de sacar Diego Pituca para a entrada de Carlos Sánchez

"O Pituca é um menino de nossa confiança, hoje cedeu a entrada para o Sánchez, não direto para o Renato. Na análise do adversário, entendemos que essa é a melhor opção”, disse Cuca em entrevista coletiva no CT Rei Pelé. 

"Sánchez tem condição melhor por causa do nível de jogo maior que os demais. Derlis chegou há dois dias, mas está relacionado. E Bryan vamos esperar para ter uma condição melhor dependendo do que o departamento médico me passe”, concluiu.