Incomodados, jogadores do Botafogo reclamam de gol anulado no final da partida
(Foto: Vitor Silva / SSPress / Botafogo)

Incomodados, jogadores do Botafogo reclamam de gol anulado no final da partida

Árbitro chegou a assinalar o gol alvinegro mas logo depois voltou atrás em sua marcação; atletas e comissão técnica pareciam não crer e queixaram-se durante e após o confronto

CaioCarvalho97
Caio Carvalho

Na noite deste sábado (4), o Botafogo empatou em 0 a 0 com o Santos, dentro de casa. Entretanto, não foi o resultado que incomodou a equipe. No final da partida, o alvinegro teve um gol anulado após o árbitro interpretar que Luiz Fernando, que estava impedido, participou do lance antes de Renatinho colocar a bola para o fundo das redes. 

A reclamação, que começou no momento da anulação do gol, continuou após o fim do duelo. Os jogadores do glorioso reclamaram em coro do lance decisivo para que o empate se mantivesse. Veja algumas das declarações:

Matheus Fernandes: "Eu estava longe, não tive percepção do lance. Perguntei para o Bandeira o que que ele deu, porque claramente o Renato estava atrás. Eles não souberam explicar". 

Joel Carli: "Sem dúvida ele não tem intenção de errar, mas a dúvida dele... Era um jogo muito importante, não dá para errar deste jeito".

Kieza: " Hoje lutamos muito. Ninguém pode falar que não lutamos, que não brigamos. Infelizmente não conseguimos o resultado positivo. O bandeira diz que o Luiz foi na bola e depois parou. No meu ponto de vista foi gol legal. Já é a segunda ou terceira vez que somos prejudicados. Temos que rever isso aí". 

O personagem principal, Luiz Fernando, também comentou sobre o ocorrido: "Ele falou que participei da jogada, mas eu quando vi que estava impedido, parei. O Renatinho vem de trás, posição legal, e fez o gol".

Já na zona mista, o goleiro Saulo, um dos destaques da partida, falou sobre a expectativa da chegada do novo treinador do Botafogo, Zé Ricardo.

"Estamos animados com a chegada do Zé Ricardo. Estamos na expectativa para os treinos da semana que vem. Fala-se muito bem dele", disse.

O arqueiro também levantou o caso do gol anulado afirmando a importância do placar final para os pontos na tabela.

"Sabíamos da importância do resultado, mas não temos que lamentar. Infelizmente houve o lance do gol anulado", completou.

Por fim, Saulo analisou as duas defesas seguidas em uma das chances mais claras da equipe adversária na partida: "Foi um lance muito rápido. O Victor chegou chutando, a bola ainda quicou no gramado... Minha reação foi esticar o braço. No rebote, ainda consegui fazer a segunda defesa". 

O Botafogo voltará a campo daqui a oito dias, fora de casa, na Vila Capanema, contra o Paraná. O confronto será válido pela décima oitava (18ª) rodada do Campeonato Brasileiro. 

VAVEL Logo

    Botafogo de Futebol e Regatas Notícias

    há 14 dias
    há 16 dias
    há 16 dias
    há 17 dias
    há 20 dias
    há 23 dias
    há 24 dias
    há 25 dias
    há 25 dias
    há um mês
    há um mês