Desejado por gigantes, Everton Felipe revela para portal preferência pelo São Paulo

Nas cogitações de Vasco, Cruzeiro, Flamengo e São Paulo, meia do Sport revela que já deu a palavra ao tricolor paulista

Desejado por gigantes, Everton Felipe revela para portal preferência pelo São Paulo
(Foto: Divulgação/Sport Club do Recife)

O São Paulo ganhou uma grande arma para driblar as dificuldades da contratação do meia Everton Felipe: a vontade do próprio atleta, que garantiu que quer jogar no tricolor.

Em uma entrevista reveladora feita pelo site Superesportes Pernambuco, o meia abriu o jogo e falou de como andam as negociações. Admitindo, até, já ter conversardo com o treinador Claudinei Oliveira quanto ao seu interesse de ir ao Morumbi.

"O Claudinei foi jogador e entende o que estou passando no momento. A própria diretoria falou que está na hora de eu respirar novos ares e eu tenho que procurar um lugar para poder jogar e ajudar minha família“.

A preferência pelo São Paulo foi rapidamente declarada, com Everton Felipe se mostrando motivado em vestir a camisa do Tricampeão Mundial.

"Surgiu o São Paulo, clube que já tentou me levar quando eu tinha 14 anos. Das propostas que eu tenho, financeiramente nem é a melhor, mas a questão não é dinheiro. Eu já dei minha palavra e quero ir para lá. A decisão está tomada“.

Efeito Diego Souza. Amigos íntimos dentro e fora de campo nos tempos de Sport, a amizade com o ex-camisa 87 do clube pernambucano faz prevalecer ainda mais a vontade de Everton em ir para Cotia. Desde que as noticias da negociação começaram, surgiram os rumores de que a presença de Diego era importante para um desfecho positivo aos palistas. Algo admitido por Everton Felipe: "Pelo Diego Souza estar lá também creio que isso me ajudará na adaptação".

Impasse nas negociações

Os números batidos da proposta do São Paulo possuem o mesmo valor da do Flamengo, anteriormente aceita. A grande questão é que o tricolor paulista aceita pagar o valor (aproximidamente R$ 6 milhões) em duas parcelas. E o Sport quer o valor à vista, como seria com o clube carioca. Na entrevista ao Superesportes, o meia-atacante não ficou alheio a situação.

"Acho que a proposta não foi ruim por ter sido em duas parcelas. Teve jogador aqui do Sport que saiu com cinco, seis, então não vejo problemas", referiu-se fazendo analogia a casos recentes, das negociações do atacante André com o Grêmio, e do próprio Diego Souza com o São Paulo, em janeiro e março, respectivamente.

Morato envolvido?

Tentando resolver o imbróglio e com o intuito de deixar a proposta ainda mais atraente ao Sport, os mandatários são paulinos acenaram com a cedência de um atleta do elenco são paulino, com todos os gastos pagos. Entre os especulados, o nome do também meia-atacante Morato surgiu com força nos bastidores, como principal favorito para desembarcar na Ilha do Retiro em caso de martelo batido. As diretorias, contudo, ainda negam comentar sobre o assunto.