Apresentado, Leandro Castán agradece apoio da torcida do Vasco: “Mexeu comigo”

Zagueiro ainda afirmou ter superado cirurgia pela qual passou em 2014 e estar mais disposto que quando jovem

Apresentado, Leandro Castán agradece apoio da torcida do Vasco: “Mexeu comigo”
(Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br)

Chegou, assinou contrato e fez tour pela sede do clube. Os primeiros passos de Leandro Castán no Vasco da Gama foram fora de campo. O jogador foi anunciado na tarde desta sexta-feira (3) e também apresentado oficialmente em São Januário, ao lado do presidente Alexandre Campello

O zagueiro demonstrou felicidade em defender o Almirante e frisou sua superação, após ter feito uma cirugia em 2014 por mal formação vascular do sistema nervoso central. Ele tirou um cavernoma de três centímetros do cérebro. 

“Estou muito feliz de vestir essa camisa, de estar aqui. Todo o problema que passei me fez crescer como homem, e isso é a coisa mais importante na vida. Como gosto de sempre superar meus desafios, eu tive um problema sério, superei, voltei a jogar e agora quero voltar a ser campeão, a conquistar títulos. Como sempre falo com a minha família, enquanto eu não voltar ao nível de antes, eu não vou parar”

Apesar do período de férias, o defensor disse não ter nenhum problema físico e espera poder atuar em breve. Ele ainda ressaltou algumas características que possui e disse que vai honrá-las com a camisa do Alvinegro. 

“Vim de férias. O campeonato acabou em maio, mas não tenho problema muscular nem com peso. Venho jogando, me sinto bem. Creio que o mais rápido possível estarei a disposição. Minha marca registrada sempre foi entrega, raça, e vou defender o gol do Vasco como um prato de comida”

Maxi López foi peça fundamental na vinda de Castán para o Gigante da Colina. O jogador salientou que a torcida cruz-maltina nas redes sociais comoveu toda sua família e o convenceu em fazer algo que não pensava: voltar ao Brasil. 

“Foi pelo Maxi López, também. A gente ficou um pouco desgastado de pegar essa rescisão. É uma nova história na minha vida. Quando o Maxi me falou do Vasco, eu não pensava em voltar, mas com tudo o que aconteceu nas redes sociais, com o Vasco, mexeu comigo e com a minha família”.

Castán comentou sobre o problema no cérebro, alegou ter superado, lembrou sua sequência de jogos na Itália e garantiu estar com mais vontade de jogar do que quando era mais jovem. 

“Primeira coisa é que já passei por muitos médicos. Estou bem. Não tem mais o que descobrir (risos). Foi um momento difícil que passei, superei. Tive muitos momentos difíceis, mas nunca assumi uma responsabilidade desse tamanho. Eu consegui voltar no Cagliari e jogar 13 jogos seguidos. Ali me senti bem. Isso me deu força para voltar ao Brasil. Estou me sentindo jovem. Ontem o doutor mandou parar de correr no exame, estou com muita vontade, mais do que quando eu tinha 25 anos. Isso é o mais importante”.