Em jogo pouco movimentado, Corinthians e Atlético-PR empatam sem gols em São Paulo
Foto: Divulgação/Site Oficial Atlético-PR

Em jogo pouco movimentado, Corinthians e Atlético-PR empatam sem gols em São Paulo

Atlético-PR teve boas chances de vencer o jogo, mas pecou nas finalizações

matheus-gabriel
Matheus Gabriel
CorinthiansCássio; Thiaguinho, Pedro Henrique, Henrique e Carlos; Léo Santos, Douglas, Jadson (Angelo Araos); Pedrinho, Clayson (Mateus Vital) e Ángel Romero (Danilo).
Atlético-PRSantos; Jonathan, Paulo André (Wanderson), Léo Pereira e Renan Lodi; Lucho González, Wellington, Marcelo Cirino, Raphael Veiga (Bruno Nazário), Marcinho (Nikão) e Pablo.
ÁRBITROPericles Bassols Pegado Cortez (PE) Assistentes: Clovis Amaral da Silva (PE) e Cleberson do Nascimento Leite (PE)
INCIDENCIASJogo válido pela 17ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro de 2018.

Corinthians e Atlético-PR não saíram do zero nesta noite de sábado (4) em Itaquera. Para os corintianos, a sensação é de tropeço, enquanto que para o Furacão, a boa atuação dá moral na luta contra o rebaixamento. Osmar Loss optou por poupar alguns dos titulares, promovendo as entradas de Thiaguinho, Carlos e Léo Santos, resultando em uma dificuldade para criar oportunidades, enquanto o Atlético-PR não aproveitava bem suas boas jogadas.


PRIMEIRO TEMPO TRUNCADO

O Atlético-PR conseguiu marcar muito bem as subidas do Timão, que tinha dificuldades pelo lado do campo, devido às alterações promovidas por Osmar Loss, e só conseguiu chegar com certo perigo em chutes de longe de Pedrinho e Léo Santos. Já o Furacão, tocava bem a bola e exercia certa pressão no adversário, conseguindo atuar de forma mais convincente na primeira etapa. Raphael Veiga quase abriu o placar aos 32 minutos do primeiro tempo, em chute de fora da área que foi espalmado por Cássio. O atacante Marcelo Cirino voltou a ser o destaque atleticano, infernizando a defesa alvinegra. No setor defensivo, Tiago Nunes teve de substituir Paulo André por Wanderson, que fez sua parte e ajudou o Atlético-PR a manter um ótimo nível em seu sistema defensivo.

+ Acompanhe o Furacão na VAVEL

MAIS DO MESMO NO SEGUNDO TEMPO


O comandante corintiano Osmar Loss não conseguiu mudar o comportamento de seus jogadores no intervalo da partida. Jadson foi bem marcado pela zaga rubro-negra, enquanto Romero não conseguiu repetir as boas atuações dos últimos jogos. Cássio teve de trabalhar muito na segunda etapa, salvando o Corinthians nas bombas de Marcinho e Renan Lodi. O Atlético-PR continuava a desperdiçar chances, e o atacante Pablo não estava em noite feliz. Cirino também não conseguiu repetir a boa atuação do primeiro tempo e acabou errando bastante. Ao fim do jogo, o Furacão parecia satisfeito levando um ponto na bagagem.

+ Acompanhe o Timão na VAVEL

O jovem atacante Pedrinho comentou o resultado.

"Sabíamos que seria um jogo difícil, adversário muito bom. Tentamos impor nosso ritmo e infelizmente não conseguimos fazer o gol. Trabalhar agora e virar a chavinha para a Libertadores e fazer um jogo bom lá", disse.


Já o lateral Jonathan, do Atlético-PR, acredita que a equipe está evoluindo.

"A evolução da equipe se vê desde o primeiro jogo. Viemos numa crescente muito boa. Se for olhar o que a gente fez no começo do campeonato, e fazer um jogo de igual para igual contra o Corinthians, nossa equipe está de parabéns. O importante nesta competição é pontuar, e conseguimos diante de uma equipe que está brigando lá em cima", comentou.

Agora, o Corinthians só pensa na Libertadores, onde fará o jogo de ida das oitavas de final, contra o Colo-Colo, na quarta feira (8), às 21h45, em Santiago, no Monumental.

Já o Atlético-PR joga na terça feira (7), contra o Peñarol, pelo jogo de volta da segunda fase da SulAmericana, às 19:30, no Campeón Del Siglo, e tem boa vantagem de 2 gols que fez no primeiro jogo.

VAVEL Logo

Sport Club Corinthians Paulista Notícias

há 2 dias
há 3 dias
há 3 dias
há 6 dias
há 6 dias
há 6 dias
há 9 dias
há 9 dias
há 10 dias
há 11 dias
há 14 dias