Em jogo pouco movimentado, Corinthians e Atlético-PR empatam sem gols em São Paulo
Foto: Divulgação/Site Oficial Atlético-PR

Em jogo pouco movimentado, Corinthians e Atlético-PR empatam sem gols em São Paulo

Atlético-PR teve boas chances de vencer o jogo, mas pecou nas finalizações

matheus-gabriel
Matheus Gabriel
CorinthiansCássio; Thiaguinho, Pedro Henrique, Henrique e Carlos; Léo Santos, Douglas, Jadson (Angelo Araos); Pedrinho, Clayson (Mateus Vital) e Ángel Romero (Danilo).
Atlético-PRSantos; Jonathan, Paulo André (Wanderson), Léo Pereira e Renan Lodi; Lucho González, Wellington, Marcelo Cirino, Raphael Veiga (Bruno Nazário), Marcinho (Nikão) e Pablo.
ÁRBITROPericles Bassols Pegado Cortez (PE) Assistentes: Clovis Amaral da Silva (PE) e Cleberson do Nascimento Leite (PE)
INCIDENCIASJogo válido pela 17ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro de 2018.

Corinthians e Atlético-PR não saíram do zero nesta noite de sábado (4) em Itaquera. Para os corintianos, a sensação é de tropeço, enquanto que para o Furacão, a boa atuação dá moral na luta contra o rebaixamento. Osmar Loss optou por poupar alguns dos titulares, promovendo as entradas de Thiaguinho, Carlos e Léo Santos, resultando em uma dificuldade para criar oportunidades, enquanto o Atlético-PR não aproveitava bem suas boas jogadas.


PRIMEIRO TEMPO TRUNCADO

O Atlético-PR conseguiu marcar muito bem as subidas do Timão, que tinha dificuldades pelo lado do campo, devido às alterações promovidas por Osmar Loss, e só conseguiu chegar com certo perigo em chutes de longe de Pedrinho e Léo Santos. Já o Furacão, tocava bem a bola e exercia certa pressão no adversário, conseguindo atuar de forma mais convincente na primeira etapa. Raphael Veiga quase abriu o placar aos 32 minutos do primeiro tempo, em chute de fora da área que foi espalmado por Cássio. O atacante Marcelo Cirino voltou a ser o destaque atleticano, infernizando a defesa alvinegra. No setor defensivo, Tiago Nunes teve de substituir Paulo André por Wanderson, que fez sua parte e ajudou o Atlético-PR a manter um ótimo nível em seu sistema defensivo.

+ Acompanhe o Furacão na VAVEL

MAIS DO MESMO NO SEGUNDO TEMPO


O comandante corintiano Osmar Loss não conseguiu mudar o comportamento de seus jogadores no intervalo da partida. Jadson foi bem marcado pela zaga rubro-negra, enquanto Romero não conseguiu repetir as boas atuações dos últimos jogos. Cássio teve de trabalhar muito na segunda etapa, salvando o Corinthians nas bombas de Marcinho e Renan Lodi. O Atlético-PR continuava a desperdiçar chances, e o atacante Pablo não estava em noite feliz. Cirino também não conseguiu repetir a boa atuação do primeiro tempo e acabou errando bastante. Ao fim do jogo, o Furacão parecia satisfeito levando um ponto na bagagem.

+ Acompanhe o Timão na VAVEL

O jovem atacante Pedrinho comentou o resultado.

"Sabíamos que seria um jogo difícil, adversário muito bom. Tentamos impor nosso ritmo e infelizmente não conseguimos fazer o gol. Trabalhar agora e virar a chavinha para a Libertadores e fazer um jogo bom lá", disse.


Já o lateral Jonathan, do Atlético-PR, acredita que a equipe está evoluindo.

"A evolução da equipe se vê desde o primeiro jogo. Viemos numa crescente muito boa. Se for olhar o que a gente fez no começo do campeonato, e fazer um jogo de igual para igual contra o Corinthians, nossa equipe está de parabéns. O importante nesta competição é pontuar, e conseguimos diante de uma equipe que está brigando lá em cima", comentou.

Agora, o Corinthians só pensa na Libertadores, onde fará o jogo de ida das oitavas de final, contra o Colo-Colo, na quarta feira (8), às 21h45, em Santiago, no Monumental.

Já o Atlético-PR joga na terça feira (7), contra o Peñarol, pelo jogo de volta da segunda fase da SulAmericana, às 19:30, no Campeón Del Siglo, e tem boa vantagem de 2 gols que fez no primeiro jogo.

VAVEL Logo

Sport Club Corinthians Paulista Notícias

há 11 dias
há 22 dias
há 23 dias
há 24 dias
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês