Análise: bola aérea volta a ser problema no Vasco em derrota para o São Paulo
(Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br)

Análise: bola aérea volta a ser problema no Vasco em derrota para o São Paulo

Cruz-Maltino sofreu com o fundamento e levou o gol da vitória Tricolor desta maneira na segunda etapa

yannrodrigues
Yann Rodrigues

Mais uma derrota do Vasco, agora neste domingo (5), fará com que Jorginho tenha mais uma semana de sono pesado. Rojas e Tréllez marcaram os gols da vitória do São Paulo por 2 a 1. Yago Pikachu descontou para o Gigante da Colina. 

No primeiro minuto de jogo, a zaga vascaína errou. Éder Militão cruzou e Ricardo Graça, na hora de afastar, chutou contra o corpo do atacante Rojas. A bola bateu no jogador e foi morrer no fundo das redes. 

Com muitas jogadas pelas laterais, o Tricolor levava mais perigo na etapa inicial. Diego Souza teve oportunidade após lançamento de Nenê, mas parou em Martín Silva. Everton cabeceou livre no meio dos defensores, mas para fora. Alguns lances que mostravam a falta de criatividade do São Paulo e a fragilidade do Almirante no fundamento. 

No segundo tempo, uma nova postura. Mais aguerrido, o time carioca tomou conta do campo e aos nove minutos empatou. Giovanni Augusto lançou Yago Pikachu, que entrou cara a cara com Sidão e finalizou na saída do arqueiro paulista. 

Precisando para assumir a ponta, o time de Diego Aguirre intensificou as bolas alçadas na grande área de Martín Silva, tentando achar uma chance, um gol, que colocaria sua equipe na liderança do Campeonato Brasileiro após três anos. Para isso, lançou dois gigantes a campo. Gonzalo Carneiro e Santiago Tréllez a campo. Deu resultado. 

Aos 36 minutos da segunda etapa, Everton foi lançado nas costas de Luiz Gustavo. O lateral chegou a ganhar na corrida, mas perdeu na dívida. O ponta do São Paulo cruzou na grande e Tréllez, com espaço e liberdade, cabeceou no ângulo de Martín Silva. Sem marcação, à vontade. Um defeito recorrente da defesa do Vasco. 

Na ultima sexta-feira (3), o clube anunciou o zagueiro Leandro Castan, na intenção de fortificar o setor que vem sendo tão criticado ao longo de todo ano e já teve diversas duplas. A defesa do Alvinegro é a mais vazada do país em 2018. 

VAVEL Logo

Club de Regatas Vasco da Gama Notícias

há 3 dias
há 4 dias
há 5 dias
há 5 dias
há 6 dias
há 9 dias
há 10 dias
há 9 dias
há 13 dias
há 14 dias
há 15 dias