Insatisfeito, Enderson Moreira lamenta empate do Bahia no Rio: “Completamente injusto”

Autor do gol do empate,  Edigar Junio vê tricolor de aço crescer na competição; Treinador diz que time merecia mais que o empate

Insatisfeito, Enderson Moreira lamenta empate do Bahia no Rio: “Completamente injusto”
Felipe Oliveira/Esporte Clube Bahia

O empante contra o Fluminense, neste domingo (5), teve bom feedback entre comissão técnica e atletas do Bahia. Não só pelo ponto ganho, que fez com que o time deixasse a zona de rebaixamento. Mas, sobretudo, pela atuação. Em boa parte do jogo, mesmo que fora de casa, o time baiano tomou conta da partida e atacou mais que o adversário.

Autor do gol, Edgar Junio festejou o ponto conquistado longe de casa e admitiu enxergar time em uma crescente dentro da competição.

"Conseguimos um empate e um ponto em um jogo contra um adversário muito difícil. O importante é somar, o Campeonato é difícil mas estamos visivelmente demostrando uma crescente. Vamos terminar o ano com sucesso”, disse o atacante, minutos depois do fim do jogo, em entrevista para o canal de TV por assinatura Sportv.

Seguindo o embalo da repercusão posivita sobre a noite do Bahia no Rio de Janeiro, o técnico Enderson Moreira foi ainda mais além. Para o treinador, o resultado foi injusto, com o Fluminense tendo até de comemorar por ter "se livrado" de uma derrota.

"Por tudo que fizemos, achei o resultado completamente injusto. Controlamos a partida, não demos o contra-ataque ao adversário e finalizamos com perigo em alguns momentos. Infelizmente não saimos com os três pontos, mesmo tendo atuação superior ao Fluminense."

Durante a semana o Bahia terá o calendário cheio. Viajará ao Uruguai para enfrentar o Cerro na quarta, e já no sábado seguinte entrará em campo pelo Brasileirão novamente, dessa vez em casa contra o América-MG. E foi sobre o futuro que o comandante foi abordado. Mostrando, assim como Edgar Junio, otimismo com o que o tricolor terá pela frente.

"A equipe tem melhorado seu jogo e isso vem sendo importante. Se pegarmos uma sequência boa encostaremos nos dez da frente. Esperemos conseguir isso o mais rápido possível”, encerrou.