Apresentado no Botafogo, Zé Ricardo projeta evolução e nível de competitividade alto
(Foto: Vitor Silva / SSPress / Botafogo)

Apresentado no Botafogo, Zé Ricardo projeta evolução e nível de competitividade alto

Técnico ex-Flamengo e Vasco assinou contrato até abril de 2019 e demonstrou motivação para fazer um bom trabalho pelo alvinegro

CaioCarvalho97
Caio Carvalho

Novo treinador do Botafogo, Zé Ricardo foi apresentado oficialmente na tarde desta segunda-feira (6). O comandante assinou contrato com a equipe alvinegra até abril de 2019, um pouco depois do término do Campeonato Carioca. Zé será o quarto técnico do glorioso neste ano e substituirá Marcos Paquetá, demitido após ficar no cargo por apenas cinco jogos. 

Em sua primeira entrevista coletiva no Nilton Santos, o treinador de 47 anos comentou sobre sua contratação e enalteceu o clube: "Um prazer chegar ao Botafogo. Agradecer o convite da diretoria. Importante trabalhar em um clube mundialmente conhecido e estou com muita vontade de fazer um grande trabalho".

Zé Ricardo falou sobre a negociação anterior que acabou não se concretizando. De acordo com ele, não era o momento ideal para firmar um novo compromisso. 

"Houve um primeiro contato, mas eu tinha acabado e sair do Vasco e precisava de um tempo. Foram dois anos intensos e tinha firmado um compromisso para fazer comentários na Copa", disse.

"Passados esses dois meses, recebi um novo convite e entendi que era um momento ideal para voltar. Sempre me chamou a atenção a intensidade com que essa equipe jogou contra nós", completou.

Ex-comandante de Flamengo e Vasco, Zé chega ao seu terceiro clube carioca em dois anos de carreira. O treinador dissertou brevemente sobre esse fato.

"É um projeto pessoal que não significa estar no Rio de Janeiro. Se há dois anos alguém batesse no meu ombro me dizendo que eu trabalharia em 3 grandes do Rio... Não acreditaria". 

Ao ser perguntado sobre a questão do contrato de apenas 8 meses - o vínculo pode ser estendido -, o técnico alvinegro demonstrou confiança na diretoria. Além disso, abordou a questão financeira e sua amizade com Anderson Barros, gerente de futebol da equipe de General Severiano.

"O clube me deixou bem a vontade. Acho que é um período bom para desenvolver o trabalho e quem sabe aumentar. O tempo de contrato é o que menos importa. Quando a gente estabelece uma relação de confiança o contrato fica em segundo plano", frisou. 

"A relação de amizade com o Anderson é um ponto que sempre respeitei, mas não foi fundamental. Lógico que são poucas equipes que não atravessam uma situação financeira complicada. Dificulta, mas me foi passado que estão tentando acertar". 

Unanimidade dentro do clube e também na torcida, Zé mostrou-se agradecido pelo reconhecimento e ansioso pelo início do trabalho à frente da equipe: "Chegar em um clube sendo bem recepcionado pela torcida e atletas é importante. O Jean é um rapaz trabalhador e a expectativa é que ele esteja mais maduro. Estou ansioso para encontrar os jogadores". 

Zé Ricardo também analisou o empate do Botafogo em 0 a 0 contra o Santos, enfatizando o espírito de luta que ele planeja para o time: "Eu percebi uma reação muito legal da equipe contra o Santos. Esteve organizada e, por pouco, não venceu. Acho que a necessidade real é conquistar vitórias para ganhar confiança. Vamos encarar cada partida com uma entrega grande para que a gente tenha um rendimento bom".

Em desvantagem para o jogo de volta da Copa Sul-Americana ao perder para o Nacional-PAR por 2 a 1, fora de casa, o Botafogo precisará vencer no Nilton Santos para se classificar. O novo treinador demonstrou confiança na superação do glorioso para que junto da sua torcida consiga a classificação. 

"Uma oportunidade real e financeira para o clube. Vamos contar muito com essas características do ano passado com o Jair... Acredito na competitividade desse grupo e na torcida". 

O elenco está de folga no dia de hoje. Portanto, o contato inicial com o técnico acontecerá nesta terça-feira (7).  Zé Ricardo estreará no comando do Botafogo na partida do dia 12 deste mês contra o Paraná, às 11h (de Brasília), válida pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Seu primeiro jogo dentro de casa será justamente na partida de volta da Sul-Americana, no dia 16, quatro dias após seu debute, às 19h30 (de Brasília), contra o Nacional-PAR.

VAVEL Logo

Botafogo de Futebol e Regatas Notícias

há 19 dias
há 21 dias
há 22 dias
há 23 dias
há 25 dias
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês