Marcelo Oliveira lamenta empate do Fluminense contra o Bahia: ''Gosto amargo''

Tricolor carioca vencia o jogo até os 37 minutos do segundo tempo, mas não conseguiu segurar a vitória. Time volta novamente ao Maracanã na próxima rodada contra o Internacional

Marcelo Oliveira lamenta empate do Fluminense contra o Bahia: ''Gosto amargo''
Foto: Mailson Santana/Fluminense

Embalado pela vitória contra o Defensor-URU, o Fluminense não obteve o mesmo resultado contra o Bahia, neste domingo (5), no Maracanã. O time carioca até conseguiu sair na frente com tento de Pedro, que se isolou na artilharia do Brasileirão com dez gols. Entretanto, cedeu o empate aos 37 minutos do segundo tempo. Para o técnico Marcelo Oliveira, o resultado teve um ''gosto amargo'' ao Flu.

''Essa questão de posse de bola nem sempre evidencia o melhor jogo, mas o Bahia jogou muito bem. Eles começaram bem o 1º tempo, nós começamos mal a marcação, corrigimos depois do gol e o time melhorou. O jogo foi lá e cá. O Bahia muito bem com jogadores técnicos. Fica um gosto amargo em função de estarmos ganhando até os 30, 35 minutos. Tentamos marcar, sair. Ficou justo pelo que o Bahia jogou'', disse.

O comandante também alertou sobre a importância de vencer jogos dentro de casa. O Fluminense terá mais um nesta sequência. Na segunda-feira (13) recebe o Internacional, às 20h, em jogo válido pela 18ª rodada do Brasileirão.

''O nosso desafio é ter uma regularidade maior. Em um campeonato de pontos corridos, vencer em casa é fundamental. O adversário foi bem e não conseguimos encaixar os contra-ataques depois de abrir o placar.''

Por fim, Marcelo comentou sobre a confusão envolvendo o volante Airton, que não devolveu a bola ao Bahia após o goleiro Anderson interromper o jogo para atendimento ao zagueiro Ibañez.

''Não foi orientação nossa. Os jogadores também não concordam com aquilo. Partiu dos envolvidos na jogada. Pela ânsia de ganhar o jogo, tomaram essa atitude. Não foi correto. Infelizmente aconteceu, não voltará a acontecer'', encerrou.