Em treino fechado, Zé Ricardo se apresenta no Botafogo e contará com reforços para próxima partida
Zé Ricardo e sua comissão em bate-papo com os jogadores (Foto: Vitor Silva / SSPress / Botafogo)

Em treino fechado, Zé Ricardo se apresenta no Botafogo e contará com reforços para próxima partida

Treinador poderá contar com o goleiro Gatito e o meia Marcos Vinícius, que participaram normalmente da atividade fechada à imprensa na manhã desta terça-feira (7)

CaioCarvalho97
Caio Carvalho

O novo treinador do Botafogo, Zé Ricardo, se apresentou e treinou o elenco pela primeira vez na manhã desta terça-feira (7). Em treino fechado no Nilton Santos, Zé e seu auxiliar, Cleber Santos, conversaram com os jogadores antes e durante a atividade.

Em seu contato inicial com os atletas, duas boas notícias. O goleiro Gatito e o meia Marcos Vinícius treinaram normalmente e poderão reforçar o alvinegro na partida de domingo, às 11h (de Brasília), contra o Paraná. Essa será a partida de estreia de Zé no comando do Botafogo.

Fora desde abril devido a uma lesão no punho, Gatito já vinha treinando a parte física há um tempo. Já Marcos Vinícius, que estava ausente desde o início de junho após sofrer uma pancada no clássico contra o Vasco, se recuperou da contusão no joelho dentro do tempo previsto e espera conseguir uma sequência pela alvinegro carioca. O jovem de apenas 23 anos sofre com uma frequência de lesões desde que vestiu a camisa do glorioso. 

Quem também voltou a campo foi João Paulo, que sofreu grave fratura no início da temporada. Em trabalho de recuperação, o meia fez exercícios físicos leves e segue em evolução. 

Conforme imagens divulgadas pela Botafogo TV, Zé fez um treinamento tático e de situações de jogo em campo reduzido. 

Em entrevista exclusiva ao canal, Zé comentou sobre o grupo e analisou o espírito de luta da equipe de General Severiano. Além disso, falou sobre sua chegada no terceiro clube do Rio de Janeiro da carreira.  

"É uma satisfação estar chegando ao Botafogo. É um grupo que sempre que enfrentei deu pra perceber que é um grupo que trabalha bastante, que é muito aguerrido, e é em cima dessa base que nós vamos pautar o nosso trabalho daqui pra frente", disse. 

"É uma equipe muito difícil de ser batida e que alia comportamentos do futebol moderno como intensidade, competitividade, vibração... É esse espírito e essa vontade que a gente quer para poder tentar agregar no nosso trabalho e caminharmos juntos para um grande ano" afirmou. 

"Sem dúvida esse espírito contribuiu, além da oportunidade de estar colocando no meu currículo trabalhar em um clube mundialmente conhecido como o Botafogo. A gente espera que esse casamento seja duradouro e bastante feliz", completou.

Por fim, o treinador agradeceu a grande aceitação e acolhimento da torcida quando seu nome foi ventilado e posteriormente anunciado. Zé também avaliou a importância dos jogos que terá pela frente, principalmente o confronto de volta da Sul-Americana, quarta-feira que vem, contra o Nacional-PAR, no Nilton Santos. 

"Foi muito legal ver toda essa manifestação e eu espero corresponder, até porque aumenta a nossa responsabilidade de fazer um grande trabalho aqui", frisou. 

"A gente precisa vencer, a gente precisa fazer bons jogos pois a vitória vai devolver a confiança e, sem dúvida nenhuma, dá tranquilidade para seguir o trabalho. A Copa Sul-Americana é mata-mata e acho que é perfeitamente reversível o placar que foi feito lá em Assunção. Vamos contar com o apoio da nossa torcida para que a gente possa passar de fase", destacou. 

VAVEL Logo

    Botafogo de Futebol e Regatas Notícias

    há 9 dias
    há 9 dias
    há 9 dias
    há 9 dias
    há 9 dias
    há 10 dias
    há 14 dias
    há 14 dias
    há 18 dias
    há 21 dias
    há 22 dias