Gilson Kleina não resiste a sequência ruim e é demitido da Chapecoense

Além do treinador, diretor executivo Rui Costa foi dispensado pela Chape

Gilson Kleina não resiste a sequência ruim e é demitido da Chapecoense
Dupla não faz mais parte dos planos do Verdão (Foto: Sirli Freitas / Chapecoense)

Chegando ao quinto jogo seguido sem vencer no Campeonato Brasileiro e sétimo contando todas as competições, Gilson Kleina não é mais treinador da Chapecoense. Por meio de uma nota, o clube confirmou a saída do treinador, além do diretor executivo Rui Costa, primeiro contratado após a tragédia aérea de 2016, na Colômbia.

O último resultado, um empate em 1 a 1 contra o Sport, manteve a Chape ameaçada pela zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. A equipe está na 16ª posição, com 18 pontos, apenas um acima do Santos, primeira equipe dentro do Z-4 e que tem um jogo a menos.

Contratado em 2017, Kleina fez 51 jogos sob o comando do Verdão, sendo 21 vitórias, 20 empates e dez derrotas, com um aproveitamento de 54,25%. Das 15 vitórias conquistadas em 2018, 12 foram no Campeonato Catarinense e apenas três no Brasileirão.

Emerson Cris, técnico do time sub-23, deve assumir a equipe interinamente. O próximo compromisso da Chapecoense será no próximo domingo (12), contra o Corinthians, na Arena Condá.