Leonardo Silva confia na reação do Atlético-MG no Brasileiro: "A gente sabe da nossa condição"

Capitão da equipe alvinegra comentou que o grupo está ciente da situação e que precisam passar um pente fino para voltar encontrar o caminho da vitória

Leonardo Silva confia na reação do Atlético-MG no Brasileiro: "A gente sabe da nossa condição"
Foto: Divulgação/Bruno Cantini /Atlético-MG

O elenco do Atlético-MG se reapresentou na manhã desta quarta-feira (8), na Cidade do Galo, iniciando a preparação para o jogo contra o Santos, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro, na Estádio Independência.

Em cinco jogos disputados, o time alvinegro conquistou apenas uma vitória. Apesar de uma sequência negativa o zagueiro Leonardo Silva está confiante na reação do Atlético, porém, precisam ir jogo a jogo.

“Perdemos esse último jogo em casa e temos que buscar, nessas duas últimas rodadas que temos, contra grandes equipes. Vamos avaliar essas equipes da melhor maneira possível para que a gente consiga pontuar o máximo possível e se mantenha no pelotão de cima, em condição de retomada no returno. Não dá para fazer uma projeção, é pensar jogo a jogo, pontuar e se aproximar o máximo possível dos líderes para que a gente possa ter uma retomada no returno.Não tivemos o aproveitamento esperado nessa volta da parada da Copa, mas vamos procurar pontuar bastante no returno para tentar retomar essa diferença e continuar na disputa pelo título”, frisou.

O capitão atleticano revelou que todos estão cientes de sua responsabilidade e da necessidade de poder corrigir os erros cometidos.

“A gente sabe da nossa condição, do profissionalismo que temos. Então, é um ajuste fino. Desses gols que sofremos, poucos foram por criação do adversário, isso faz com que nosso trabalho esteja forte, e outros gols por desatenção. Então, temos que concentrar. Em qualquer área da vida, se a gente desconcentra um pouquinho acaba sendo punido e, no futebol, às vezes não tem a oportunidade de recuperar e acaba sendo prejudicado com esses pontos preciosos que perdemos”, comentou.

Com o término da Copa do Mundo, o Galo não conseguiu repetir aproveitamento perdeu peças importantes, como Róger Guedes, artilheiro do Campeonato Brasileiro antes do mundial, e Otero. Léo Silva destacou que a equipe possui o mesmo padrão, mas precisa caprichar.

“Com todas as mudanças, a equipe manteve um padrão e, por um detalhe ou outro, a gente acabou sendo punido com derrota ou perda de pontos, o que fez nosso aproveitamento cair. Mas a equipe está buscando essa melhora para retomar o caminho das vitórias no returno. É estar atento os 90 minutos para que a gente consiga minimizar qualquer tipo de situação adversa e possa evoluir cada vez mais“, concluiu.