Na briga contra rebaixamento, Ceará recebe Santos pelo Campeonato Brasileiro
Foto: Ivan Storti/Santos FC

Na briga contra rebaixamento, Ceará recebe Santos pelo Campeonato Brasileiro

Em confronto direto na parte debaixo da tabela, Ceará recebe o Santos em busca da reabilitação no Campeonato

Millamagalhaes3
Camilla Magalhães/ Zeca Lemos
CearáÉverton; Samuel Xavier, Tiago Alves, Eduardo Brock e João Lucas; Richardson, Edinho e Cardona; Arthur, Clayson e Leandro Carvalho. Técnico: Lisca
SantosVanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Jean Mota; Alison, Carlos Sánchez e Diego Piruca;Rodrygo, Yuri Alberto e Bruno Henrique Técnico: Cuca
ÁRBITROMarcelo de Lima Henrique
INCIDENCIAS20° rodada do Campeonato Brasileiro Série A Local: Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza-CE Data: 08 de agosto de 2018, quarta-feira Horário: 19h30

Nesta quarta-feira (8), o Ceará recebe o Santos, às 19h30 (de Brasília), no Estádio Presidente Vargas, em jogo antecipado da 20° rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. As duas equipes Alvinegras estão na zona de rebaixamento da competição, apenas três pontos as separam e ambas precisam da vitória. 

Ocupando a 19° posição no Brasileirão, com catorze pontos, o Ceará venceu três dos últimos quatro jogos disputados, contra o Paraná, Fluminense e Sport. Mas, mesmo vencendo a partida desta quarta-feira, o Vozão não deixará a zona de rebaixamento, já que a Chapecoense, primeiro clube fora da degola, aparece com 18 pontos e seu adversário, o Peixe, aparece com 17 pontos. 

Ceará busca continuar boa sequência para sair do Zona de Rebaixamento

Para o confronto diante do Santos, o técnico Lisca vai poder contar com o zagueiro Luiz Otávio, que se recuperou das dores e fica à disposição do treinador. Como o jogador vinha sendo titular absoluto, ele assume a posição de Eduardo Brock. Samuel Xavier, que cumpriu suspensão automática na última partida, entra no lugar de Fabinho, na lateral direita. No restante, o time deverá ser o mesmo da vitória sobre o Paraná. O time cearense não poderá contar com o lateral-direito Arnaldo e os atacantes Wescley e Alex Amado, todos por lesão.

Richardson, volante do Vozão, falou sobre o desempenho do time nas últimas rodadas.

Estamos muito focados em continuar nesta sequência positiva na Série A. Esses dois últimos jogos foram muito importantes para todos nós. Nosso grupo tem evoluído a cada rodada na competição e isso aconteceu no momento mais importante. Vamos continuar neste ritmo para sairmos da zona de rebaixamento nas próximas semanas”, disse.

Vamos começar a focar tudo no jogo com Santos, que é mais uma decisão na temporada. Eles não vem de bons resultados e precisamos aproveitar isso. Será mais um jogo de seis pontos em que precisamos nos doar ao máximo”, finalizou.

Santos quer tranquilidade para se reabilitar na competição

Já o Santos, que o ocupa à 17° posição, com dezessete pontos, pode ter a estreia do meia costa-riquenho Bryan Ruiz, que foi relacionado pela primeira vez, pelo técnico Cuca. A previsão é que o jogador comece no banco, já que ainda não adquiriu o condicionamento físico ideal.

O Peixe vai à campo com novidades na equipe titular. O capitão Renato e o atacante Gabriel Barbosa devem começar a partida no banco de reservas. No treino desta terça-feira (7), fechado à imprensa, o treinador esboçou o time que deve levar a campo e promoveu a entrada de Diego Pituca no meio e Yuri Alberto no ataque. 

Por outro lado, o técnico Cuca não vai poder contar com o lateral-esquerdo Dodô, que recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Botafogo. Lucas Verissimo em transição após lesão nas costas e Eduardo Sasha, com estiramento do músculo posterior da coxa esquerda, também são desfalques no Alvinegro Praiano. 

O Peixe vive problemas no setor ofensivo e não marca gols há três jogos.  Para o volante Carlos Sánchez, o Santos precisa ser mais como o Uruguai e aproveitar as chances que cria para ganhar confiança.

"Tem que manter a tranquilidade. Como fizemos muito no Uruguai... Uruguai ganhava de 1 a 0, 2 a 1, com resultado justo. Mas resultados curtos vêm de um esforço bárbaro para ganhar. Depois de tantas chances, pode sair um gol só. Tem que converter as oportunidades para pegar confiança, aliviar, e poder fazer mais gols. Ocasiões se criam com a tranquilidade e aí é ter concentração para concretizar", disse Sánchez, em entrevista coletiva nesta terça-feira, no CT Rei Pelé.

"Priorizamos o jogo de sábado contra o Botafogo, agora é Ceará. Não podemos depender dos times acima ou abaixo, são partidas diferentes. Temos que estar concentrados para fazer um grande trabalho e ganharmos", completou o camisa 7.

VAVEL Logo

Ceará Notícias

há 9 dias
há 13 dias
há 18 dias
há 17 dias
há 18 dias
há 18 dias
há 18 dias
há 21 dias
há 25 dias
há um mês
há um mês