Ceará desperdiça muitas chances e cede empate ao Santos pelo Campeonato Brasileiro

Time cearense pressionou o Peixe, mas não conseguiu a vitória

Ceará desperdiça muitas chances e cede empate ao Santos pelo Campeonato Brasileiro
(Foto: Ivan Storti/Santos FC)
Ceará
1 1
Santos
Ceará: Everson, Fabinho, Tiago Alves, Luiz Otávio e João Lucas; Edinho, Richardson e Calyson (Luydi); Juninho Quixadá (Ricardinho), Felipe Azevedo (Leandro Carvalho) e Arthur. Técnico: Lisca
Santos: Vanderlei, Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Jean Mota; Alison, Diego Pituca (Bryan Ruiz) e Carlos Sánchez (Gabriel Calabres); Rodrygo, Bruno Henrique e Yuri Alberto (Gabigol). Técnico: Cuca
Placar: 1-0, min 78, Arthur. 1-1, min 86, Jean Mota.
ÁRBITRO: Marcelo de Lima Henrique Assistentes: Michael Correia e Silbert Faria Sisquim
INCIDENCIAS: Partida válida pela vigésima rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. Ocorreu no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza.

O Ceará empatou com o Santos por 1 a 1 nesta quarta-feira (8), no estádio Presidente Vargas, em partida antecipada da 20ª rodada do Campeonato Brasileiro, em virtude do jogo da equipe paulista diante do Independiente-ARG no próximo dia 21, pelas oitavas de final da Libertadores.

O time cearense teve excelente atuação e criou muitas oportunidades, mas cedeu o empate ao Peixe nos últimos minutos de partida. O Ceará dominou completamente o primeiro tempo. Foram 11 finalizações contra apenas três do Santos. O centroavante Arthur foi o melhor em campo, levando vantagem sobre os dois zagueiros santistas na maioria dos lances e com seis chutes a gol. Vanderlei apareceu com pelo menos quatro boas defesas.

Os jogadores do Santos saíram reclamando do gramado do estádio Presidente Vargas. Mas o fato é que o plano de Cuca de usar bolas longas, com Yuri Alberto tentando fazer a parede pra quem vinha de trás, fracassou completamente. Primeiro porque não conseguiu segurar bola nenhuma; segundo porque não havia aproximação. O empate em 0 a 0 ao final da etapa inicial foi uma vitória para o Santos, e motivo para ser lamentado pelo time de Lisca.

No segundo tempo, o técnico Cuca voltou com mudanças: sacou Yuri Alberto e Diego Pituca para a entrada de Gabriel Barbosa e o estreante Bryan Ruiz. O Ceará continuou pressionando e aos três minutos, Éverson bateu falta e Vanderlei voou para espalmar. O Peixe, por sua vez, só chegou com perigo aos 15 minutos,  quando Bruno Henrique foi lançado e finalizou para o goleiro Éverson tocar com as pontas dos dedos.

Aos 22, Clayson saiu cara a cara com o goleiro Vanderlei, que novamente fez uma bela defesa. Mas de tanto insistir, o Vozão abriu o placar aos 33 minutos. Em rápido contra-ataque, Arthur saiu na cara do goleiro, tocou bonito e mandou para o fundo das redes. O Santos seguiu tomando pressão e pouco conseguia criar, mas conseguiu o empate aos 41 minutos. O volante Alison cruzou, Éverson não saiu do gol, e Jean Mota apareceu, tocou de peito e deixou tudo igual no Estádio Presidente Vargas.

Com o resultado o Ceará chegou aos quinze pontos e ocupa a 18° posição na tabela. Já o Santos vai aos dezoito pontos e deixa o Z-4. Na próxima rodada, o Ceará recebe o Atlético-PR, no sábado (11), às 16h, em confronto direto da Zona de Rebaixamento. Já o Santos visita o Atlético-MG, no domingo (12), às 11h.