Ceará desperdiça muitas chances e cede empate ao Santos pelo Campeonato Brasileiro
(Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Ceará desperdiça muitas chances e cede empate ao Santos pelo Campeonato Brasileiro

Time cearense pressionou o Peixe, mas não conseguiu a vitória

Zeca5
Zeca Lemos/Camilla Magalhães
Ceará Everson, Fabinho, Tiago Alves, Luiz Otávio e João Lucas; Edinho, Richardson e Calyson (Luydi); Juninho Quixadá (Ricardinho), Felipe Azevedo (Leandro Carvalho) e Arthur. Técnico: Lisca
SantosVanderlei, Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Jean Mota; Alison, Diego Pituca (Bryan Ruiz) e Carlos Sánchez (Gabriel Calabres); Rodrygo, Bruno Henrique e Yuri Alberto (Gabigol). Técnico: Cuca
Placar1-0, min 78, Arthur. 1-1, min 86, Jean Mota.
ÁRBITROMarcelo de Lima Henrique Assistentes: Michael Correia e Silbert Faria Sisquim
INCIDENCIASPartida válida pela vigésima rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. Ocorreu no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza.

O Ceará empatou com o Santos por 1 a 1 nesta quarta-feira (8), no estádio Presidente Vargas, em partida antecipada da 20ª rodada do Campeonato Brasileiro, em virtude do jogo da equipe paulista diante do Independiente-ARG no próximo dia 21, pelas oitavas de final da Libertadores.

O time cearense teve excelente atuação e criou muitas oportunidades, mas cedeu o empate ao Peixe nos últimos minutos de partida. O Ceará dominou completamente o primeiro tempo. Foram 11 finalizações contra apenas três do Santos. O centroavante Arthur foi o melhor em campo, levando vantagem sobre os dois zagueiros santistas na maioria dos lances e com seis chutes a gol. Vanderlei apareceu com pelo menos quatro boas defesas.

Os jogadores do Santos saíram reclamando do gramado do estádio Presidente Vargas. Mas o fato é que o plano de Cuca de usar bolas longas, com Yuri Alberto tentando fazer a parede pra quem vinha de trás, fracassou completamente. Primeiro porque não conseguiu segurar bola nenhuma; segundo porque não havia aproximação. O empate em 0 a 0 ao final da etapa inicial foi uma vitória para o Santos, e motivo para ser lamentado pelo time de Lisca.

No segundo tempo, o técnico Cuca voltou com mudanças: sacou Yuri Alberto e Diego Pituca para a entrada de Gabriel Barbosa e o estreante Bryan Ruiz. O Ceará continuou pressionando e aos três minutos, Éverson bateu falta e Vanderlei voou para espalmar. O Peixe, por sua vez, só chegou com perigo aos 15 minutos,  quando Bruno Henrique foi lançado e finalizou para o goleiro Éverson tocar com as pontas dos dedos.

Aos 22, Clayson saiu cara a cara com o goleiro Vanderlei, que novamente fez uma bela defesa. Mas de tanto insistir, o Vozão abriu o placar aos 33 minutos. Em rápido contra-ataque, Arthur saiu na cara do goleiro, tocou bonito e mandou para o fundo das redes. O Santos seguiu tomando pressão e pouco conseguia criar, mas conseguiu o empate aos 41 minutos. O volante Alison cruzou, Éverson não saiu do gol, e Jean Mota apareceu, tocou de peito e deixou tudo igual no Estádio Presidente Vargas.

Com o resultado o Ceará chegou aos quinze pontos e ocupa a 18° posição na tabela. Já o Santos vai aos dezoito pontos e deixa o Z-4. Na próxima rodada, o Ceará recebe o Atlético-PR, no sábado (11), às 16h, em confronto direto da Zona de Rebaixamento. Já o Santos visita o Atlético-MG, no domingo (12), às 11h.

VAVEL Logo

Ceará Notícias

há 3 dias
há 10 dias
há 15 dias
há 16 dias
há 18 dias
há 21 dias
há 25 dias
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês