Em sua apresentação, Everton Felipe mostra-se disposto em conquistar sua vaga e ajudar a equipe

Em sua apresentação, Everton Felipe mostra-se disposto em conquistar sua vaga e ajudar a equipe
Em sua apresentação, Everton Felipe mostra-se disposto em conquistar sua vaga e ajudar a equipe

Na tarde desta quinta (09/08), o São Paulo apresentou o meia-atacante Everton Felipe, a mais recente contratação do clube. O tricolor paulista desembolsou imediatamente R$ 3 milhões pelo empréstimo do meia, e envolveu o atacante Morato no negócio, no qual o atleta ficará o restante da temporada emprestado ao clube de Recife. No contrato, há uma clausula de compra automática pelo meia.

Everton mostrou-se empolgado com sua chegada no clube paulista, disse que o projeto do clube e a ligação de Rai (executivo de futebol) contribui muito com sua vinda: "Ele (Rai) e Alexandre Pássaro ligaram para o meu empresário. Quando cheguei em casa, me externou a vontade deles para minha vinda ao São Paulo, e quando a pessoa sabe que o Rai está te fazendo uma ligação, para falar que conta com você no clube e que tem um projeto, as coisas mudam."

O meia, cobiçado por diversos clubes, demonstrou orgulho e satisfação ao escolher o clube do Morumbi:  "Quando fiquei sabendo que o São Paulo me queria e o Rai liga para falar com meu empresário, fiquei extremamente feliz. Sabendo o craque que Rai foi, quando ele liga para o seu empresário e dizer que tem você no projeto do clube é uma coisa diferente. A partir desse momento eu disse que queria o São Paulo, tive propostas melhores para o clube (Sport) e para mim, mas a minha vontade de vestir essa camisa foi
muito maior que qualquer coisa que pudesse aparecer."

No clube paulista, Everton irá reencontrar com o atacante Diego Souza, com quem fez grande dupla no Sport, durante 2016 e 2017; Everton mostrou felicidade ao encontrar com o amigo e antigo companheiro: "Minha amizade com Diego começou quando cheguei no Sport em 2016. Ele (Diego Souza) é um cara muito de grupo, principalmente com os meninos que vem da base. Foi um cara que me ajudou muito. Consegui fazer com ele uma parceria muito boa, e espero conseguir fazer aqui também."

Ao final da entrevista, o meia-atacante disse como é o peso de vestir a camisa do clube, e que trabalhará para conquistar sua vaga e ajudar o time: "Vestir a camisa do São Paulo é um peso enorme, mas eu gosto dessa responsabilidade. Tenho que mostrar muito e venho para ajudar o grupo. No momento que estamos, na liderança do Campeonato Brasileiro, não é o momento de pensar em objetivos pessoais, e sim em objetivos coletivos. Como o grupo está encaixado, darei 100% para encaixar e para estar a disposição ao professor Aguirre."

Ainda não foi divulgado quando será sua estreia. Caso esteja regularizado no BID (Boletim Informativo Diário da CBF) e agrade a comissão técnica, poderá estrear no domingo (12/08) contra o Sport, sua ex-equipe.